Foregon.comConteúdos

Como fazer o cálculo exato do 13º salário?

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

Todos os trabalhadores que possuem carteira assinada têm o direito de receber, anualmente, o décimo terceiro salário. Normalmente, esse valor depende de descontos e tempo trabalhado do funcionário. Neste artigo, vamos ensinar você como fazer o cálculo exato do 13º salário para esclarecer todas as suas dúvidas.

Quem tem direito ao 13º salário?

O décimo terceiro salário foi estabelecido como uma gratificação de Natal, por conta disso, ele é pago no mês de dezembro. No entanto, também é possível que determinadas empresas o paguem em duas parcelas, sendo a primeira no mês de junho. 

Têm direito a receber o 13º salário todos os funcionários registrados na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) por pelo menos 15 dias de um ano. Sendo assim, você recebe o décimo terceiro salário proporcional ao tempo que trabalhou durante um ano, desde que seja superior a 15 dias. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Como fazer o cálculo exato do 13º salário?

As pessoas que trabalharam durante o ano todo na mesma empresa, não encontrarão dificuldades em fazer o cálculo do 13º salário. Isso porque, se o pagamento for feito em apenas uma parcela, essas pessoas receberão um valor equivalente ao salário do mês anterior.

Mas, se o pagamento for realizado em duas parcelas, saiba que a primeira será referente à metade do salário do mês anterior e a segunda incidirá os descontos do INSS e Imposto de Renda – benefícios que variam conforme o salário recebido. 

Descontos do INSS 

  • Até R$ 1.045: desconto de 7.5%;
  • De R$ 1.045,01 até R$ 2.089,60: desconto de 9%;
  • De R$ 2.089,61 até R$ 3.134,40: desconto de 12%;
  • De R$ 3.134,41 até R$ 6.101,06: desconto de 14%.

Descontos do Imposto de Renda (IR)

  • Até R$ 1.903,08: desconto e parcela a deduzir são isentos;
  • De 1.903,99 a R$ 2.826,65: desconto de 7,5% e parcela a deduzir de R$ 142,80;
  • De 2.826,66 a R$ 3.751,05: desconto de 15% e parcela a deduzir de R$ 354,80;
  • De 3.751,06 a R$ 4.664,68: desconto de 22,5% e parcela a deduzir de R$ 636,13;
  • Acima de R$ 4.664,68: desconto de 27,5% e parcela a deduzir de R$ 869,36.

1. Trabalhadores que recebem o 13º salário proporcional em uma parcela

  • O valor do seu salário bruto será dividido por 12;
  • O resultado tem de ser multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano;
  • O valor será o de seu décimo terceiro;
  • Sobre ele, deverão estar descontados o IR e o INSS, como citamos acima. 

2. Trabalhadores que recebem o 13º salário proporcional em duas parcelas

  • Para saber o valor da primeira, o salário bruto terá de ser dividido por 12 e multiplicado pelo número de meses até outubro;
  • O valor da primeira parcela será correspondente a 50% do resultado;
  • Para saber o valor da segunda, o salário bruto terá de ser divido por 12 e multiplicado por 10;
  • Do resultado, é preciso subtrair o valor da primeira parcela e os descontos do INSS e IR.

3. Décimo terceiro salário proporcional em caso de demissão

  • O último salário recebido (incluindo horas extras e adicionais) tem de ser dividido por 12 e multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano. 

É importante ressaltar que um mês só pode ser incluído na conta se o funcionário tiver trabalhado, no mínimo, 15 dias dele. Por exemplo: uma pessoa que trabalhou por oito meses e 20 dias, deverá contar nove meses trabalhados. 

Restou alguma dúvida?

Esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre como fazer o cálculo exato do 13º salário. Separamos outros conteúdos da Foregon para você ler:

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Estudante de Publicidade e Propaganda e Redatora na Foregon. É fascinada por músicas, livros, conversas e procura entender a real necessidade das pessoas para poder solucioná-la através de seu trabalho.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    O que é a Click Conta Bradesco?

  • Dicas financeiras

    Faturamento MEI 2020: descubra

  • Dicas financeiras

    Como pagar boleto com PayPal?

  • Dicas financeiras

    Sky pré-pago: conheça e veja se vale a pena

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras