Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como reter talentos na área de tecnologia?

Por Genebra SegurosPublicado em

Atualmente, as empresas focadas em tecnologia estão por toda a parte. E mesmo empresas de outros setores também contam com departamentos internos de tecnologia, responsáveis por cuidar da estrutura de TI do negócio. Por esse motivo, construir uma equipe de talentos na área de tecnologia tornou-se uma prioridade dos gestores.

É claro que isso levanta uma questão básica: como reter esses talentos? Afinal, não basta investir em seleção e recrutamento, mas acabar perdendo excelentes colaboradores que estão pouco engajados com a empresa. 

Neste artigo, você vai aprender como é possível reter talentos na área de tecnologia com medidas práticas.

O papel dos recursos humanos na empresa

Quando falamos em "recursos humanos", não estamos nos referindo ao setor de RH, mas aos recursos em si. Em outras palavras, às pessoas, aos colaboradores que formam sua organização. E, mais especificamente, aos colaboradores de TI.

Eles desempenham o papel de motor da inovação. Não são as máquinas ou os softwares que fazem da sua empresa um negócio inovador. Os verdadeiros responsáveis por promover inovação são as pessoas. Elas apresentam ideias, filtram sugestões, desenham testes, executam, implementam, aprimoram.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Portanto, contar com excelentes profissionais e formar uma equipe de alta performance é o verdadeiro diferencial de uma empresa inovadora. Isso começa, é claro, no processo de seleção e recrutamento, quando você identifica e atrai profissionais de TI qualificados.

No entanto, se a empresa não trabalhar para reter talentos na área de tecnologia, esses profissionais vão perder o engajamento. Em outras palavras, seu desempenho vai decair e eles estarão mais propensos a deixar a organização. Então, todo o investimento de tempo e capital realizado na formação da equipe será perdido.

Para evitar que isso aconteça, três medidas podem ter um impacto positivo significativo na retenção.

3 medidas para reter talentos na área de tecnologia

1. Encorajar o desenvolvimento

A primeira medida é encorajar o desenvolvimento dos colaboradores, oferecendo oportunidades. Existem vários caminhos: 

  • Criar programas internos para que os profissionais de TI participem de projetos mais desafiadores do que seu trabalho usual;
  • Desenvolver treinamentos para que os colaboradores possam aprender novas habilidades ou atualizar seus conhecimentos;
  • Formar parcerias com instituições de ensino para que os funcionários possam realizar cursos formais, como pós-graduações.

Na perspectiva dos colaboradores, uma empresa que encoraja seu desenvolvimento é mais do que uma contratante. Ela é uma parceira. Isso fortalece os vínculos e evita que talentos se desliguem da organização.

2. Garantir maior autonomia

Se você tem profissionais de excelência na sua equipe de TI, pode estar certo de que esses indivíduos compartilham um traço. Eles gostam de ter, pelo menos, um certo nível de autonomia para desenvolver suas atividades.

Essa é uma conclusão lógica. Profissionais de excelência são aqueles que conseguem identificar caminhos mais eficazes e eficientes para realizar seu trabalho. Se eles não puderem testar esses caminhos, vão se sentir frustrados. 

Para a empresa, também é uma perda não oferecer autonomia. Afinal, se você quer apenas um colaborador que siga ordens à risca, não precisa dos melhores profissionais do mercado.

Assim, para reter talentos na área de tecnologia, você deve garantir que eles tenham autonomia para experimentar. É claro que a autonomia nunca é absoluta. Afinal, é preciso respeitar a estratégia e os objetivos da empresa. Portanto, comunicar com clareza os limites também é importante.

3. Oferecer benefícios atrativos

Por um lado, remuneração e benefícios não são o suficiente para reter um colaborador insatisfeito. Por outro, eles também são necessários como parte do conjunto para manter os colaboradores satisfeitos.

O que os profissionais consideram atrativo, em termos de benefícios, mudou muito. Um pacote limitado aos tradicionais auxílio transporte, auxílio refeição e plano de saúde já não é suficiente. O que seus colaboradores querem são benefícios que ajudem a assegurar um estilo de vida mais confortável e equilibrado.

É por isso que as empresas estão oferecendo, por exemplo, licença paternidade mais longa aos homens, ou espaços para as crianças para atender às mulheres com filhos pequenos.

Determinar o que é importante e relevante para sua equipe pode ser complexo, já que as preferências variam conforme o perfil dos indivíduos. Assim, a melhor solução é ir diretamente à fonte e ouvir a opinião de seus colaboradores.

Expansão da área de TI

Empresas de vários ramos estão se realinhando para um posicionamento mais inovador no mercado. A Genebra Seguros é um case exemplar. A especialista em corretagem de seguros agora está se inserindo como insurtech, startup com foco em seguros. Nesse processo, é claro, a equipe de tecnologia tem um papel central.

Para garantir que a empresa trará soluções relevantes e eficientes ao mercado, a Genebra vem investindo na formação de uma equipe de alta performance. A atração e a retenção de talentos são prioridades. 

Sua empresa tem uma equipe interna de profissionais de TI? Se você já teve dificuldades nessa contratação, aproveite para compartilhar os principais obstáculos e as soluções que desenvolveu. Deixe um comentário sobre sua experiência e participe da conversa!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Genebra Seguros

A Genebra é uma corretora de seguros que oferece a conveniência do acesso a seguros através de canais digitais aliada à segurança e ao atendimento humano que apenas uma corretora de seguros tradicional pode oferecer.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 10 cursos de finanças gratuitos para aprender a investir

ID Jovem: guia completo 2022

Vale a pena parcelar compras no cartão com inflação em alta?

Copa do mundo 2022: quanto custa completar o álbum?

SOS Nu: saiba como proteger sua conta digital Nubank

Saiba como cobrar um amigo sem perder a amizade

Saiba como bloquear o cartão Bolsa Família

Como enviar e receber dinheiro do exterior pelo PicPay?