Foregon.comConteúdos

Como saber se a situação cadastral do seu CPF está regular

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

Para contratar qualquer tipo de crédito, seja cartão, empréstimo ou financiamento, é necessário verificar a situação cadastral do seu CPF. Desse modo, você consegue saber se existem irregularidades que possam te impedir de usá-lo. Quer aprender como consultar essas informações de forma gratuita e sem sair de casa? Continue a leitura!

Qual é a funcionalidade do CPF?

Criado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) permite que instituições bancárias e estabelecimentos comerciais tenham acesso às informações dos cidadãos. Ou seja, esses dados mostram se uma pessoa está apta ou não para contratar qualquer tipo de crédito.

Como verificar a situação cadastral do CPF?

  1. Acesse o site Comprovante de Situação Cadastral no CPF da Receita Federal;
  2. Insira o número do seu CPF e a data de nascimento
  3. Clique em "Não sou um robô" e depois "Consultar";
  4. Pronto! A situação cadastral do seu CPF estará disponível na tela.

Observação importante: você poderá se deparar com uma das seguintes situações cadastrais: regular, pendente por regularização, suspensa, cancelada e nula. Entenda o que cada um desses termos significam.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Entenda o que significa cada situação cadastral e aprenda como regularizá-las 

1. Situação cadastral do CPF regular

Quando a situação cadastral do seu CPF está regular, isso quer dizer que não existe nenhuma pendência encontrada. Não confunda essa regularidade com a da situação fiscal do consumidor, que declara se você está em dia com suas obrigações perante a Receita Federal, como o pagamento de impostos.

Você pode estar com a situação cadastral regular, mesmo tendo débitos junto à Receita Federal. Para saber sobre a sua regularidade fiscal, emita uma Certidão Negativa de Débitos (CND) ou faça uma Pesquisa de Situação Fiscal.

2. Situação cadastral do CPF pendente de regularização

Quando a situação cadastral do seu CPF está pendente de regularização, isso significa que você deixou de entregar alguma declaração, como a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física dos últimos cinco anos.

A situação é regularizada com a entrega das declarações atrasadas. Caso você não esteja com mais nenhuma pendência, o pedido de regularização deve ser feito em uma agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou nos Correios.

3. Situação cadastral do CPF suspensa

De acordo com a Receita Federal, se a situação cadastral do seu CPF está suspensa é porque o seu cadastro contém informações incompletas e/ou incorretas. Para regularizar essa situação, basta acessar a página da Receita Federal, preencher corretamente os campos com seus dados pessoais, endereço e telefone.

4. Situação cadastral do CPF cancelada

O cancelamento do CPF pode acontecer por decisão administrativa ou judicial ou por falecimento do contribuinte. 

5. Situação cadastral do CPF nula

Pode ocorrer quando há constatação de fraude na inscrição. Para regularizar essa situação, você deve comparecer em uma unidade da Receita Federal.

Documentos necessários para a regularização do CPF

  • Número do CPF;
  • Documento de identificação (RG);
  • Para maior de 18 anos e menor de 69 anos: título de eleitor ou protocolo de inscrição;
  • Para menor de 16 anos: RG do menor e dos pais ou responsáveis e o número do CPF.

Como o planejamento financeiro pode ajudar você a evitar problemas com o CPF?

Planejar as finanças é fundamental para impedir que os imprevistos aconteçam. Para isso, você, primeiramente, pode avaliar quanto você deve, quanto ganha e os gastos indispensáveis, como alimentação, contas de consumo, escola, entre outros.

A partir de então, você terá mais clareza do que é realmente importante e o que pode ser cortado do seu orçamento daqui para frente e, como resultado, conseguirá manter recursos para regularizar situações, como a de dívidas pendentes, por exemplo.

Agora que você já sabe o básico sobre planejamento financeiro, busque sempre manter esse ritmo. Busque, também, renegociar suas dívidas e ficar de olho nos juros acumulados para evitar maiores prejuízos. Com as finanças organizadas, você garante que seu o CPF estará sempre regular e disponível para ser usado no momento da contratação de crédito.

Como poupar dinheiro?

Como dissemos anteriormente, o primeiro passo é ter um bom planejamento financeiro, anotando seus gastos indispensáveis e supérfluos e visualizando o que pode ser cortado do seu orçamento para que ele não seja afetado. 

O segundo passo é não gastar demais. Quando você gasta demais, as coisas saem do controle e isso afeta os seus recursos, que podem estar comprometidos com outras contas. Se você não souber administrar o seu dinheiro, poderá contrair dívidas e enfrentar problemas com seu CPF.

Portanto, repense todos os gastos desnecessários e opte por uma vida mais simples, lembre-se: para guardar dinheiro é necessário abrir mão de certos "luxos". Se você realmente estiver disposto, verá que essa ação poderá ser muito benéfica para sua vida financeira.

FAQ

Como verificar a situação do CPF?

Primeiramente, acesse o site Comprovante de Situação Cadastral no CPF da Receita Federal. Feito isso, insira o número do seu CPF e a data de nascimento. Em seguida, você deverá clicar em "Não sou um robô" e depois em "Consultar". Pronto! A situação cadastral do seu CPF estará disponível na tela.

Como saber se tem alguma irregularidade com meu CPF?

Para saber se você tem alguma irregularidade, você pode acessar o site Comprovante de Situação Cadastral no CPF da Receita Federal, emitir uma Certidão Negativa de Débitos (CND) ou fazer uma Pesquisa de Situação Fiscal. Não se esqueça: não é porque a sua situação cadastral está regular que você não possui pendências junto à Receita Federal. Para saber se existem débitos em aberto, siga todas essas orientações citadas.

O que pode deixar o CPF irregular?

A falta da entrega de declarações, como a Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física, o preenchimento de informações erradas ou incompletas no cadastro da Receita Federal e a constatação de fraudes na inscrição são fatores que tornam o CPF irregular.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Qualquer dúvida sobre o assunto, deixe um comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Estudante de Publicidade e Propaganda e Redatora na Foregon. É fascinada por músicas, livros, conversas e procura entender a real necessidade das pessoas para poder solucioná-la através de seu trabalho.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Qual o prazo para sacar o FGTS após demissão?

  • Dicas financeiras

    Como parcelar boleto com cartão de crédito?

  • Dicas financeiras

    O que é a Click Conta Bradesco?

  • Dicas financeiras

    Faturamento MEI 2020: descubra

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras