Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Como sair do cheque especial sem dívidas em 3 passos

Por Camila SilveiraPublicado em

Em momentos de dificuldade financeira, o cheque especial pode parecer uma boa alternativa. Afinal, ele é um dinheiro que está disponível a qualquer momento, é pré-aprovado pelo banco e de fácil retirada. No entanto, infelizmente, esse é um dos serviços que mais levam os brasileiros para a situação de inadimplência.

É importante saber que, para usar o cheque especial, é necessário ter muita disciplina. Caso contrário, surgirá uma verdadeira bola de neve, uma vez que os juros dessa operação são os mais altos do mercado. Você se encontra nessa situação? Confira quatro dicas para sair do cheque especial sem dívidas e evite entrar no vermelho!

Dicas para sair do cheque especial sem dívida

1. Converse com o gerente do seu banco

Estar inadimplente não é bom para ninguém. As instituições financeiras precisam do cliente para quitar a dívida em aberto, mas ele encontrará dificuldades para pagar e, até mesmo, para conseguir crédito em outros bancos. Além disso, haverá grandes chances do nome ser incluído em empresas, como o SPC e Serasa.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Nesse caso, o ideal é entrar em contato com o gerente do banco para entrar em um acordo, de forma que fique bom para ambas as partes. Você pode oferecer uma quantia para pagar por mês até quitar todo o valor ou, até mesmo, renegociar uma redução na taxa de juros.

2. Analise todas as suas despesas fixas

Ter um bom planejamento financeiro é fundamental para escapar do cheque especial sem dívidas. Até porque, com ele, é possível identificar quais despesas podem ser reduzidas ou cortadas do seu orçamento. Como resultado, você consegue resolver o seu problema com o banco com mais facilidade.

Está gastando demais com lazer? Faz muitas refeições fora de casa? Está pagando por algo que nem usa? Pois bem, reveja todos os gastos desnecessários e alivie o seu bolso nesse momento de crise.

3. A venda de bens é a última saída

Em algumas situações mais graves, as pessoas precisam avaliar algum de seus bens para vender para quitar a dívida do cheque especial. A princípio, pode parecer uma medida triste, mas se você parar para pensar, poderá ver que esses bens podem ter sido a origem do problema atual.

Você pode vender aquilo que representa custos altos para o orçamento familiar, como uma moto ou carro. Fazer uma avaliação sobre todos os itens que geram despesas em sua casa ou que você usa pouco e, aos poucos, ir diminuindo os gastos. Anuncie a venda em suas redes sociais e tenha uma renda extra para sair do cheque especial sem dívidas!

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter apresentado boas orientações para você escapar do cheque especial. Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Algar Telecom: conheça os diferentes planos de celular

Placa Mercosul: como é o emplacamento em outros países e quais as diferenças

Como colocar a nova placa Mercosul?

Hotmart Pocket: dúvidas frequentes

Placa Mercosul: dúvidas frequentes

Saiba o que mudou no projeto das placas do Mercosul e tire suas dúvidas

Placas Mercosul: conheça seu histórico e os preços em cada estado

Banco digital ou banco tradicional: qual o melhor?