Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como utilizar o cartão de crédito como ferramenta de planejamento financeiro?

Por Camila SilveiraPublicado em

Quem não quer ter um excelente planejamento financeiro para poder aumentar a qualidade de vida? Acredito que todo mundo, não é mesmo? O que muitos ainda não sabem é que esse controle pode ser realizado pelo cartão de crédito, desde que ele seja usado com muita responsabilidade.

Deseja saber como transformar esse produto financeiro em um aliado no seu planejamento? Continue a leitura e aproveite as dicas!

Cartão de crédito como ferramenta de planejamento financeiro

É compreensível que muitos não sintam total segurança em utilizar o cartão de crédito, até porque ele pode trazer alguns problemas se não for usado corretamente.

No entanto, saiba que as dicas que vamos citar ao longo do artigo podem realmente trazer alguns benefícios. Sendo assim, considere importante conhecê-las e veja que esse pequeno esforço pode valer muito a pena.

1. Estabeleça um limite de gastos

O primeiro passo é determinar um limite de gastos para você. O ideal é que ele seja 30% de seus ganhos líquidos mensais, no entanto, saiba que esse valor pode variar de acordo com cada caso.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Só não se esqueça que esse limite não é aquele que o banco libera, mas sim o que você vai definir, combinado? Então muito cuidado no momento de estabelecê-lo.

2. Use o cartão de crédito para compras comuns do dia a dia

Não há nada de errado em utilizar o cartão de crédito para realizar compras no mercado, abastecer o carro, comprar pão, carnes, etc. Esse uso só deve ser feito com muita responsabilidade para evitar surpresas negativas.

A partir do momento em que você utiliza o cartão para as suas compras do dia a dia, você concentra todo o pagamento em um dia específico, que é o do vencimento da fatura, e isso é interessante para o fluxo de caixa.

3. Acompanhe os seus gastos diariamente

É importante acompanhar todos os gastos do seu cartão diariamente até o fechamento da fatura, para evitar ultrapassar o limite estipulado por você, lembra?

Vamos imaginar que você determinou um limite de R$ 600 e em alguns dias antes de fechar a fatura o limite foi alcançado. Agora você já sabe que nesses casos não é adequado utilizar o cartão de crédito até o próximo mês.

Para ajudar você nessa missão, considere interessante utilizar os aplicativos de organização financeira ou, caso prefira, anote tudo na ponta do lápis!

4. Evite comprar parcelado

Apesar de parecer muito vantajoso, o parcelamento pode trazer diversos problemas financeiros caso não seja pago de forma correta pelo titular. Sendo assim, opte por ele somente em situações de extrema necessidade. Prefira juntar o dinheiro das "prestações" e compre à vista, afinal, sempre existe um desconto com dinheiro na mão, concorda?

5. Aproveite os programas de benefícios do cartão de crédito

Você pode aproveitar ao máximo os programas de benefícios e recompensas oferecidos pelas empresas associadas ao seu cartão para ter acesso a produtos e serviços. Ao acumular milhas e pontos, por exemplo, você pode trocá-los por passagens aéreas, pacotes de viagens ou artigos de sua necessidade!

6. Ande com pouco dinheiro na carteira

É fato que todo mundo, na hora de sair, precisa se precaver e ter um dinheirinho consigo mesmo para situações de imprevistos, no entanto, saiba que essa quantia não deve ser em espécie!

Andar com dinheiro em espécie no bolso, principalmente trocados, aumenta as tentações e, apesar disso parecer algo inofensivo, é de cinco em cinco reais que desperdiçamos mais dinheiro.

Com o cartão você consegue controlar melhor as suas finanças e ter mais segurança no momento de sair.

7. Saiba para onde seu dinheiro está indo

Por meio da fatura, você consegue saber quais foram os seus gastos e em que você pode economizar no próximo mês. Os nomes dos estabelecimentos e a data de compra ficam presentes no extrato, portanto, é bem tranquilo utilizar esse documento para discutir o seu orçamento e despesas.

8. Jamais pague o mínimo da fatura

Pode acontecer do limite ultrapassar e não sobrar dinheiro para o pagamento integral da fatura, no entanto, saiba que o ideal não é pagar o mínimo, mas sim trocar essa dívida por outra mais barata como, por exemplo: tentar fazer um empréstimo com juros mais baixos e pagar o que deve no cartão.

Essa saída pode dar mais trabalho, porém você economiza muito mais dinheiro, deixando de pagar os juros altíssimos do cartão de crédito.

No entanto, você já sabe que o ideal mesmo é estabelecer e sempre respeitar o limite que citamos no item 1 ao longo do artigo, não é mesmo?

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas!

Se esse artigo foi bom para você, deixe o seu comentário para nós aqui embaixo. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?

Tag Itaú de passe livre em pedágios e estacionamentos: conheça e veja como solicitar

Pagar passagem de ônibus com cartão de débito ou crédito: veja como

Prêmio de 1,5 milhão do BBB: saiba quanto rende na poupança e em outros investimentos