Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Confira as 5 principais dúvidas sobre MEI

Por Camila SilveiraPublicado em

Você sabia que o número de Microempreendedores Individuais (MEIs) cresceu cerca de 20% no ano de 2020? De acordo com a Receita Federal, o número de cadastros no programa saltou de 9,43 milhões em janeiro para 11,32 milhões em dezembro.

Com o aumento de pessoas querendo se tornar MEIs, também surgiram muitas dúvidas. Por isso, neste artigo, você vai conferir as principais perguntas sobre esse programa. Ficou interessado? Continue a leitura e aproveite o conteúdo.

Confira as 5 principais dúvidas sobre MEI

1. O que é MEI?

MEI é a sigla usada para Microempreendedor Individual, que representa um modelo simplificado de empresa para quem trabalha de forma autônoma em atividades não regulamentadas por entidades de classe.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Ele foi criado pela Lei Complementar nº 128/2008 e começou a funcionar no dia 1 de julho de 2009. Podem ser microempreendedores individuais profissionais autônomos, como: artesãos, cabeleireiros, pintores, vendedores de roupas, donos de mercearias, eletricistas, entre outros.

A partir do momento em que um profissional autônomo realiza o cadastro MEI, ele ganha automaticamente um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e é enquadrado num modelo simplificado do Simples Nacional. Sendo assim, é necessário pagar somente um valor fixo mensal referente aos tributos e impostos de sua função.

Quem é MEI pode emitir notas fiscais e tem direito a benefícios previdenciários, como: auxílio-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria.

2. Como abrir um MEI?

  1. Acesse a página Portal do Empreendedor;
  2. Clique em "Quero ser MEI" e, depois, em "Formalize-se";
  3. Faça o seu cadastro ou faça o login, caso já tenha uma conta;
  4. Siga todas as orientações solicitadas e pronto;
  5. Seu CNPJ será gerado automaticamente.

3. Como emitir o DAS MEI?

  1. Acesse a página Portal do Empreendedor;
  2. Clique em "Já sou MEI";
  3. Selecione a opção "Pagamento de contribuição mensal";
  4. Escolha a forma de pagamento e siga as orientações solicitadas.

Observação importante: a guia de pagamento não é enviada para você pelos Correios. É necessário que você faça a emissão desse documento pelo site Gov.br.

 4. Como emitir nota fiscal?

É importante ressaltar que o processo de emissão de nota fiscal sendo MEI pode variar de acordo com o tipo da nota e do estado do microempreendedor. Portanto, é recomendado conferir essas informações na prefeitura da cidade (para prestadores de serviço) ou na Secretaria da Fazenda Estadual (para comércio e indústria).

5. Como funciona o empréstimo para MEI?

Existem linhas de crédito com condições especiais para quem é Microempreendedor Individual. Porém, saiba que para solicitar, é necessário comprovar que o empréstimo será usado em benefício da empresa.

Para saber qual é a melhor opção de empréstimo para MEI, é necessário pesquisar e comparar as taxas de juros de todas as instituições financeiras que oferecem essa opção e optar por aquela que cabe no seu bolso. Lembre-se: quem é MEI tem acesso a uma taxa de juros mais atrativa.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pensando em operar na bolsa? Confira os melhores livros sobre Day Trade

Segurança: saiba como colocar senha no WhatsApp

Conheça o Anthor, aplicativo que conecta empresas a prestadores

WhatsApp Pay: confira 8 vantagens desse tipo de pagamento

Mercado Pago: guia completo

Tipos de carro: principais características e diferenças

5 livros que mudarão sua vida financeira

3 conselhos básicos para alcançar a liberdade financeira