Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Confirmado: governo anuncia prorrogação do Auxílio Emergencial até outubro de 2021

Por Camila SilveiraPublicado em

O governo federal anunciou, na segunda-feira (5), a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses. O benefício, que estava previsto para acabar em julho de 2021, continuará sendo pago em agosto, setembro e outubro. 

Qual será o valor?

De acordo com o Ministério da Cidadania, os valores pagos atualmente aos beneficiários serão mantidos:

  • Pessoas que moram sozinhas: R$ 150 por mês;
  • Mulheres chefes de família: R$ 375 por mês;
  • Demais beneficiários: R$ 250 por mês.

O calendário completo de pagamento ainda não foi divulgado pela Caixa Econômica Federal, banco responsável por realizar os depósitos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Por outro lado, os pagamentos continuarão sendo feitos por meio da conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo App Caixa Tem, disponível para Android e iPhone (iOS). Os beneficiários do Bolsa Família recebem pelo cartão do programa.

Novos recursos para o Auxílio Emergencial 2021

Além do decreto de prorrogação, o governo anunciou na última segunda-feira a edição de uma medida provisória que visa abrir crédito extraordinário de R$ 20,2 bilhões para o Ministério da Cidadania, para pagar as novas parcelas do Auxílio. A MP também foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.

Apesar das medidas provisórias terem força de lei após serem publicadas no Diário Oficial da União, elas ainda precisam passar pela aprovação do Congresso Nacional em até 120 dias para se tornarem leis definitivamente.

Pandemia da Covid-19

A prorrogação por mais três meses já tinha sido anunciada pelo governo nas últimas semanas, no entanto não havia sido confirmada.

Até outubro de 2021, o governo espera que toda a população adulta esteja vacinada contra o vírus com, pelo menos, uma dose, o que permitirá o "retorno seguro do trabalho", de acordo com as palavras do ministro da economia, Paulo Guedes.

O plano do governo é encerrar os pagamentos do Auxílio Emergencial em outubro e aperfeiçoar o Bolsa Família, programa que visa ajudar as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social.

O novo Bolsa Família deve entrar em funcionamento após o fim do pagamento do Auxílio Emergencial 2021, com o novo valor de R$ 300. 

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você com esse artigo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Governo de SP inicia pagamentos do ‘Vale Gás’ e ‘SP Acolhe’. Veja como sacar

Prorrogação do Auxílio Emergencial 2021: o que mudará?

Pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial é antecipado: veja as datas

Confirmado: governo anuncia prorrogação do Auxílio Emergencial até outubro de 2021

Terapia popular: opções gratuitas que promovem saúde mental e financeira

Governo de SP pagará auxílio de R$ 300 a parentes de vítimas do Covid-19

Crise financeira: Caixa anuncia redução das parcelas de financiamento habitacional

Novo auxílio emergencial de R$ 1.500: veja quem pode receber