Ir para o conteúdo principal
Foregon.com

Financiamento Estudantil 2023: Conheça as 5 Melhores Opções

Escrito por 

Atualizado em 

Qualidade editorial: Nosso conteúdo é construído por uma equipe profissional que coloca a dúvida do leitor no centro da sua escrita. Cada autor traz o seu conhecimento para responder e solucionar sua busca, entregando valor por meio da verificação de dados, aprofundamento da pesquisa e reputação do nosso site.

Segurança e privacidade: Somos responsáveis por manter seus dados protegidos quando você acessa nosso site. Trabalhamos com total transparência e respeito ao seu consentimento, colocando você no controle de seus dados. Conheça nossa política de privacidade.

O sonho de cursar o ensino superior muitas vezes se depara com um desafio significativo: o custo das mensalidades. Excluindo as universidades públicas, a maioria das instituições cobra mensalidades que estão além das possibilidades financeiras da maioria dos brasileiros. Para superar essa barreira, o financiamento estudantil tem se tornado uma ferramenta essencial.

Você encontra nesse artigo:

O desafio do acesso à educação superior

O desafio do acesso à educação superior é uma barreira significativa que muitos estudantes enfrentam. As mensalidades das instituições de ensino superior, especialmente as privadas, muitas vezes estão fora do alcance financeiro da maioria das famílias brasileiras. Isso cria um dilema para estudantes talentosos e motivados que desejam seguir seus sonhos acadêmicos.

Nesse contexto, o financiamento estudantil desempenha um papel fundamental, proporcionando uma ponte entre as aspirações acadêmicas e as limitações financeiras. Ele permite que os estudantes realizem seus objetivos educacionais, mesmo quando a questão financeira parece intransponível, abrindo portas para um futuro mais brilhante e oportunidades de carreira.

Dessa forma, o financiamento estudantil não apenas alivia o fardo financeiro, mas também nutre o potencial educacional do país, garantindo que a educação superior seja acessível a todos, independentemente de sua condição financeira.

Opções de financiamento estudantil

Para te ajudar a construir o seu futuro, escrevemos este artigo com cinco opções interessantes para financiar os seus estudos no país. Confira:

1. Financiamento Estudantil Caixa (FIES)

Uma das opções mais conhecidas de financiamento entre estudantes é o famoso FIES. Após ter sido instituído por lei, o Novo FIES conta com os processos conduzidos pelo Ministério da Educação e tem como responsável a Caixa Econômica Federal.

Nesse financiamento é preciso estar atento às condições de pagamento que variam de acordo com a renda familiar do candidato. Na modalidade um, apenas candidatos com renda de até três salários mínimos podem concorrer.

Após a aprovação do financiamento, o estudante deve iniciar o pagamento das parcelas assim que concluir o curso escolhido. No caso de casas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo os juros podem ser zerados.

Principais requisitos para o FIES 2022

  • Ter feito o ENEM a partir da edição de 2010;
  • Ter conseguido obter média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos;
  • Não ter zerado a redação;
  • Contar com uma renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos.

2. Credi Universidade Santander

O programa Credi Universidade Santander é uma linha de crédito pessoal de até R$ 2 mil para universitários correntistas Santander que recebem pelo menos R$ 1 mil. Vale frisar que a aprovação só acontecerá após análise de crédito do estudante.

Todos os que são correntistas e possuem uma renda mínima de, pelo menos, R$ 1 mil podem solicitar o financiamento estudantil Credi Universidade Santander pelos canais presenciais da instituição financeira.

O financiamento estudantil pode ser pago em até 36 vezes e as parcelas são cobradas diretamente da sua conta corrente Santander, com taxas de juros a partir 2,89% ao mês. No entanto, se você já esteve negativado pode ser mais difícil de conseguir a aprovação.

Conta digital grátis Conta Digital Santander
3.4 de 5 Estrelas
3.4
  • MensalidadeGrátis
  • Taxa de saqueAté 4 saques gratuitos
  • Cartão de débito para saques e pagamentos
  • Cartão de crédito sujeito a aprovação
  • Antes abrir essa conta nós sugerimos que você faça a uma avaliação gratuita do seu perfil. A aprovação em uma conta é bem simples e na maioria das vezes não tem recusa. Você pode abrira sua conta sem entender as suas chances de aprovação clicando aqui. Você será direcionado, através de um link seguro, e poderá seguir com a sua abertura de conta por lá.

Prós:
  • ✅ Oferece várias opções de conta;
  • ✅ Liberdade na escolha de serviços.
Contras:
  • ❌ Quanto mais benefícios, mais caro sai a conta;
  • ❌ Crédito sujeito à análise.

Principais requisitos para o Credi Universidade Santander

  • É preciso ter uma conta corrente no Santander;
  • Renda mínima exigida de R$ 1 mil;
  • Taxas de juros podem variar;
  • Sujeito à análise de crédito.

3. Financiamento estudantil Itaú

O banco Itaú é parceiro do programa Pravaler, que disponibiliza crédito para estudantes de cursos de graduação, intercâmbios e cursos técnicos de curta duração. A contratação dessa opção é semestral e você deve estar atento às datas divulgadas pelas instituição financeira.

Mesmo que o estudante já tenha uma bolsa de estudos ou financiamento como o FIES, é possível contratar o Pravaler. Basta fazer a simulação no site, preencher a proposta com os dados pessoais e dados do fiador. Logo após, sua solicitação passará por análise de crédito, caso seja aprovado será necessário enviar os documentos e assinar o contrato.

Principais requisitos para o Financiamento estudantil Itaú

  • Financiamento estudantil disponível somente para estudantes matriculados em universidades vinculadas ao Itaú;
  • Sujeito à análise de crédito.

4. Crédito Universitário Bradesco

O Bradesco também possui uma linha de crédito universitário e permite que você faça o financiamento de até 100% do valor semestral do seu curso com parcelas divididas em 12 vezes, com juros variáveis de acordo com o convênio do banco e a faculdade.

Caso você tenha se interessado por essa opção faça a simulação do seu financiamento universitário no site do Bradesco. Depois, para fazer a solicitação é necessário que você vá até uma agência Bradesco com a declaração de matrícula ou aptidão da universidade.

Principais requisitos para o Crédito Universitário Bradesco

  • É preciso ter uma conta corrente no Bradesco;
  • Financiamento estudantil disponível somente para estudantes matriculados em universidades conveniadas com o Bradesco.

Conta digital Conta Bradesco
4 de 5 Estrelas
4
  • MensalidadeVaria com o pacote contratado
  • Taxa de saqueVaria com o pacote contratado
  • Cartão de débito para saques e pagamentos
  • Cartão de crédito sujeito a aprovação
  • Antes abrir essa conta nós sugerimos que você faça a uma avaliação gratuita do seu perfil. A aprovação em uma conta é bem simples e na maioria das vezes não tem recusa. Você pode abrira sua conta sem entender as suas chances de aprovação clicando aqui. Você será direcionado, através de um link seguro, e poderá seguir com a sua abertura de conta por lá.

Prós:
  • ✅ Abra a conta sem sair de casa;
  • ✅ Planos personalizados;
  • ✅ Aplicativo com boa pontuação.
Contras:
  • ❌ O seu pedido irá passar por uma análise.

5. Financiamento estudantil BV

Também em parceria com a Pravaler, a BV passou a disponibilizar um financiamento estudantil para quem deseja investir em uma graduação, pós-graduação ou MBA. Diferente da opção do Itaú, nessa você não precisa ser correntista do BV, pois a contratação acontece semestralmente.

Para contratar essa opção de financiamento estudantil, basta acessar o site da BV, preencher seus dados e do fiador e enviar os documentos totalmente online. Depois, a instituição financeira vai te informar se você foi aprovado ou não.

Principais requisitos para o financiamento estudantil BV

  • Sujeito análise de crédito realizada após a solicitação.

Tipos de Financiamento Estudantil

Além das opções mencionadas, existem outros tipos de financiamento estudantil, incluindo:

1. Empréstimos Estudantis

Diretamente com instituições privadas, esses empréstimos podem ser obtidos sem a necessidade de apresentar notas no ENEM. No entanto, eles geralmente têm taxas de juros mais elevadas e prazos de quitação mais curtos.

2. Bolsas de Estudo

As bolsas de estudo oferecem descontos significativos nas mensalidades do ensino superior e são uma forma valiosa de apoio financeiro para muitos estudantes.

3. Financiamento Coletivo

O financiamento coletivo, também conhecido como "vaquinha" ou crowdfunding, reúne doações de conhecidos e da rede social do estudante para custear parte ou a totalidade de seus estudos.

4. Programas Governamentais (FIES)

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é o maior programa de financiamento estudantil do Brasil, viabilizado por meio de parceria entre o Governo Federal, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Oferece condições favoráveis, taxas de juros mais baixas e a possibilidade de começar a pagar após a formatura.

Conclusão

Escolher a melhor opção de financiamento estudantil é fundamental para realizar o sonho da educação superior. Com as diversas alternativas disponíveis, os estudantes podem encontrar um programa que se adapte às suas necessidades financeiras e objetivos acadêmicos, tornando o acesso à educação superior uma realidade alcançável. O financiamento estudantil desempenha um papel vital ao quebrar barreiras financeiras e ampliar as oportunidades educacionais no Brasil.

Compartilhe

Escrito por:

Sabrina Vansella
Redatora

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon desde 2021, através da escrita busca melhorar a qualidade de vida das pessoas.