Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Conheça o Anthor, aplicativo que conecta empresas a prestadores

Por Sabrina VansellaPublicado em

O aplicativo Anthor já faz parte de mais de 56 cidades e conecta 2 mil estabelecimentos comerciais com pessoas interessadas em prestar serviços e fazer uma renda extra. Essa novidade surgiu em 2018 e tem como intuito ser um projeto de inclusão social.

Quer entender mais sobre esse aplicativo e os seus benefícios à população? Continue a leitura.

Como funciona o aplicativo Anthor?

O aplicativo Anthor foi lançado para atender as necessidades de trabalhadores informais, aqueles que não possuem vínculo empregatício. Em 2020, aproximadamente 32 milhões de brasileiros estavam em situação de informalidade, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Agora, tanto aqueles que estão com carteira assinada como os que estão em busca de um novo emprego, podem buscar uma renda extra pelo próprio aplicativo Anthor, como repositor de mercadorias em supermercados e indústrias. O App permite que você encontre serviços próximos à você, e transfere o pagamento logo após concluí-las. No entanto, o aplicativo está disponível somente para Android.

"Para o repositor, o Anthor é oportunidade de renda, e a pessoa ainda tem flexibilidade de horário e pode atuar em locais próximos de onde mora. Para o lojista, o aplicativo garante melhor controle de estoque e de atividades fundamentais para a sobrevivência dos negócios", explica Jackson, co-fundador e CEO do aplicativo.

Gig Economy e a relação com o emprego informal

Gig Economy é o termo utilizado para denominar a economia atual que engloba os famosos "bicos" como uma maneira de se manter financeiramente. A era digital é a principal causadora deste fenômeno que promete fazer parte do dia a dia de muitas pessoas daqui para frente. 

O elemento que caracteriza esse modelo de trabalho é que ele pode acontecer sem nenhum vínculo empregatício, o que priva o empregado dos benefícios oferecidos pela carteira assinada. As principais profissões adaptadas a esse modelo são: fotógrafos, escritores, programadores, motoristas, entre outros.

Você também pode se interessar:

Informamos?

Esperamos que você tenha gostado de conhecer uma nova opção de renda extra. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, faça um comentário. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça os 10 carros mais econômicos do Brasil

Reconhecimento facial: o que é e como funciona

Anywhere office: conheça o novo modelo de trabalho flexível

Pix: da facilidade nas transações ao crescimento nos golpes e mudança nas regras

Hotmart realmente dá dinheiro? Descubra agora mesmo

Iti Itaú: como ganhar dinheiro com a carteira digital

5 práticas de gestão financeira para empresas de sucesso

Saiba como remover os dados do cartão de crédito no Google Chrome