Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Conheça o Exame de Suficiência do CFC

Por Janaína TavaresPublicado em

Se você faz faculdade de Ciências Contábeis, já deve ter ouvido falar do Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Considerado como um dos requisitos obrigatórios para a obtenção de registro profissional na categoria de contador, essa prova envolve alguns detalhes importantes que você deve entender antes de realizá-la. Por isso, basta acompanhar a leitura do nosso artigo e ver quais são eles.

O que é o Exame de Suficiência do CFC?

É uma avaliação feita pelo CFC que acontece duas vezes por ano, uma em cada semestre. Criado em 2000, essa prova tem como objetivo central o de comprovar que os bacharéis e técnicos em Ciências Contábeis possuem a capacitação e conhecimentos necessários para o exercício da função.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Contudo, o Exame de Suficiência já foi derrubado em 2004 por causa de uma liminar que questionava o fato de a prova não fazer parte de uma lei federal e sim, apenas de uma resolução do CFC.

Mesmo com isso, foi instituída em 2010 a Lei Federal nº 12.249 que estabeleceu a aplicação dessa prova como condição para obter o registro no conselho de classe.

Quem pode fazer o Exame de Suficiência do CFC?

A aplicação desse teste é direcionada para quem se encaixa no seguinte público-alvo:

  • O Exame de Suficiência pode ser prestado por todos os bacharéis e estudantes do último ano letivo do curso de Ciências Contábeis, de acordo com a Resolução CFC nº 1.486/15.

O que cai no Exame de Suficiência do CFC?

Essa prova é geralmente composta por 50 questões objetivas. Cada uma delas vale um ponto e as mesmas são de múltipla escolha. Vale destacar ainda que as alternativas podem abordar assuntos, como:

  • Contabilidade Geral;
  • Noções de Direito e Legislação Aplicada;
  • Matemática Financeira e Estatística;
  • Teoria da Contabilidade;
  • Contabilidade de Custos;
  • Auditória Contábil;
  • Perícia Contábil;
  • Língua Portuguesa Aplicada;
  • Controladoria;
  • Legislação e Ética Profissional;
  • Princípios de Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade;
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público;
  • Contabilidade Gerencial.

Cabe aqui ressaltar ainda que, devido à pandemia do novo coronavírus, as provas do CFC estão sendo realizadas online.

A última foi aplicada no dia 18 de agosto, mas segundo relatos nas redes sociais dos estudantes que fizeram a avaliação, o site da empresa Consulplan que aplicou a prova apresentou diversos problemas.

No entanto, até o momento, ainda não saiu uma decisão que pode anular o exame ou validar a prova que foi feita. Se você quiser ficar por dentro de mais novidades e notícias que envolvem essa avaliação, basta acessar o site oficial do CFC.

Conteúdos que você precisa conhecer

Vale a pena continuar com a gente e explorar outros artigos da Foregon:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com o nosso conteúdo. Em casos de dúvidas ou sugestões, envie aqui para que possamos te ajudar. Até a próxima!

    Gostou? Deixe seu curtir
    Compartilhe
    Janaína Tavares

    Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

    Ver todos os posts

    Deixe seu comentário

    Leia também

    Quem conseguiu economizar na quarentena já pensa em viajar

    Black Friday 2021 Magalu: como aproveitar as melhores ofertas

    Quando começa a Black Friday 2021?

    Black Friday 2021 Submarino: saiba como garantir as melhores promoções

    Open Banking: 7 aspectos que podem impactar as Pequenas e Médias Empresas

    Conheça os 10 carros mais econômicos do Brasil

    Reconhecimento facial: o que é e como funciona

    Anywhere office: conheça o novo modelo de trabalho flexível