Consórcio ou financiamento: conheça e veja qual o melhor para comprar seu carro novo

Trocar o carro ou pegar um novo, sonho de muita gente. Se o dinheiro anda curto, você pode escolher entre dois caminhos, ou melhor, entre dois produtos financeiros: consórcio ou financiamento, você sabe qual o melhor para ter o seu carro novo?

Vai depender de você e o momento em que você vive com seu dinheiro. Se optar por ter o carro logo, o melhor é escolher o financiamento, senão, pode esperar alguns anos e escolher o consórcio e pagar menos.

O bom negócio do consórcio é o valor final, além de aprender a guardar dinheiro, já que não é legal atrasar o pagamento e todo mês ter o compromisso de ter o valor certo.

Qual o melhor: consórcio ou financiamento de carro?

Qual dos dois você prefere?

Financiamento

Se optar pelo financiamento na hora de comprar um carro novo, o banco paga todo o valor a loja que você escolheu, como um empréstimo. Depois, você paga as parcelas ao banco, o que pode durar em média 4 anos, depende de quanto você dividiu.

Você passa por uma análise de crédito antes, para saber se pode honrar com o pagamento. Se aprovado, você paga as parcelas acrescidas de juros e em alguns casos com valor de entrada, podendo até dobrar o valor pago no veículo no final do financiamento.

Por isso é muito importante cotar o financiamento em vários lugares antes de fechar. Ah, e é importante lembrar que o carro é do banco até o pagamento da última parcela. Então, organize-se e não atrase.

Veja o exemplo:

Valor do carro: R$ 30 mil
Taxa de juros: 2%
Entrada: 10% (R$ 3 mil)
Valor total financiado: R$ 27 mil
Prazo: 60 meses (5 anos)
Total ao final do financiamento: R$ 46.604,40, com parcelas mensais fixas de R$ 776,74.

Consórcio

O consórcio é formado por um grupo de pessoas que tem interesse em comprar um carro do mesmo valor. Todas as pessoas pagam o mesmo valor mensal a administradora do consórcio. As chances de tirar o veículo são iguais para todos, já que são feitos sorteios assim que a soma dos pagamentos das parcelas de todos membros alcançar o valor do carro. Quem é sorteado, leva a carta de crédito com o valor para a compra do veículo.

Você não paga juros para participar do consórcio, mas é cobrado uma taxa de administração nas parcelas. Esse valor ainda é menor que os juros.

Como funciona o lance no consórcio?

Cada consorciado pode dar lances. Ou seja, oferecer uma porcentagem do valor do veículo. Quem der o maior lance, fica com a carta de crédito para comprar o carro.

Uma boa média é oferecer 30% do valor de veículo. Suas chances aumentam muito com um lance de 50%.

Fique atento, mesmo se você for sorteado ou fizer um lance e for contemplado, o carro fica no nome da administradora até o pagamento da última parcela do consórcio.

Veja o exemplo:

Valor da carta de crédito (valor do veículo): R$ 25 mil
Prazo: 80 meses
Parcelas: R$ 426,06 Valor total do consórcio: R$ 34.084,80

Afinal, qual tem mais vantagem? Consórcio ou financiamento?

Nos dois casos, o valor do veículo é excedido, no financiamento com juros ou no consórcio com taxa de administração. O importante é cotar alguns financiamentos e simular consórcios.

O financiamento tem taxas mais atraentes em comparação ao consórcio, mas o custo total acaba bem elevado. Se você tem um dinheiro guardado, pode ser que o consórcio seja uma boa escolha para você, já que no final vai pagar menos e as parcelas mensais estão parcialmente garantidas.

Sempre consulte todas as taxas embutidas no serviço. Algumas administradoras incluem no consórcio seguros, fundo de reserva e taxa de administração antecipada.

Vale lembrar que a Foregon não faz consórcio ou financiamento. Nosso objetivo é te informar sobre esses produtos financeiros e te alertar para as taxas cobradas.

Fique à vontade em nosso blog, te espero no próximo post!
Leonardo Jacomini da Foregon.

Este conteúdo foi útil para voce? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 voto(s), média: 4,36)
Loading...