Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Conta de luz: cobrança extra já está valendo desde dezembro

Por Janaína TavaresPublicado em

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que desde o dia 2 de dezembro já está valendo a cobrança extra na conta de luz. Com isso, será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, considerada o nível mais caro para geração de energia.

Dessa forma, a cobrança na conta de luz terá um acréscimo de R$ 6,24 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Para entender mais sobre esse assunto, acompanhe a leitura do nosso artigo.

Conta de luz: por que a Aneel decidiu cobrar a taxa extra?

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Aneel tinha decidido no mês de maio que não haveria cobrança extra na conta de luz até 31 de dezembro de 2020.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Contudo, em reunião extraordinária realizada no dia 31 de novembro, a agência revogou essa decisão. Agora, ela já começou a aplicar a bandeira vermelha patamar 2 na conta de luz, cujo valor é o maior no sistema de bandeiras tarifárias.

De acordo com informações do site G1, o relator da proposta, Efrain Pereira da Cruz, disse que a decisão foi revogada porque o Brasil voltou aos patamares de consumo anteriores ao início da pandemia.

Conforme a Aneel, a oferta de energia está comprometida devido aos baixos níveis dos reservatórios. Tendo em vista essa situação, o órgão optou por voltar a cobrar a taxa na conta de luz.

"Essa condição de oferta adversa, somada à tendência de recuperação de carga da energia aos patamares pré-crise, são indícios concretos de que o mecanismo das bandeiras já merece ser restabelecido e a curto prazo", afirmou o relator da proposta.

Entenda a cobrança das bandeiras tarifárias

No sistema das bandeiras tarifárias, existem três opções. Essas opções são capazes de indicar quais são as condições favoráveis de geração de energia no país:

  • Bandeira verde: não há cobrança de taxa extra (condição favorável);
  • Bandeira amarela: taxa extra é de R$ 1,34 a cada 100 kWh consumidos (condições menos favoráveis);
  • Bandeira vermelha: no primeiro nível, é cobrado um adicional de R$ 4,16 a cada 100 kWh. Já no segundo patamar, a cobrança extra é de R$ 6,24 a cada 100 kWh (custo de energia mais caro, com térmicas ligadas).

Bandeiras tarifárias ou tarifas de energia elétrica?

As bandeiras tarifárias e as tarifas de energia elétrica são dois termos que podem gerar confusão entre os consumidores. Por isso, é importante entender muito bem o que cada um deles significa na prática:

  • Tarifas de energia elétrica: as tarifas refletem os custos envolvidos na transmissão, distribuição e geração da energia elétrica. Elas também dão cobertura para os encargos setoriais;
  • Bandeiras tarifárias: por outro lado, essas mostram os custos variáveis da geração de energia elétrica. Isso significa que, dependendo da usina que está sendo utilizada para gerar energia na sua cidade ou estado, os custos podem variar.

Conteúdos que você precisa conhecer

Para te ajudar ainda mais em sua jornada aqui na Foregon, selecionamos outros artigos que podem ser interessantes para você:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com o nosso conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Picpay: guia completo

PIS: guia completo

Score de crédito: guia completo

Como criar a sua própria empresa de pagamento em 5 passos

Como funciona o serviço de pagamentos Facebook Pay?

Como ganhar dinheiro indicando amigos no PagBank?

Carteira digital White Label: é uma boa opção para o seu negócio?

5 dicas para alcançar a estabilidade financeira

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras