Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Coronavoucher pode ser aprovado em 2021

Por Janaína TavaresPublicado em

Uma das principais questões que estão em pauta no governo é encontrar uma forma de ajudar a população brasileira em 2021, visto que os casos de coronavírus ainda estão em alta no país. Por isso, o coronavoucher, conhecido também como Auxílio Emergencial, tem chances de voltar a ser pago nesse ano.

Coronavoucher vai ser pago em 2021?

Uma das prioridades dos novos presidentes do Congresso é o coronavoucher e, segundo informações do site UOL, o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende estender o auxílio para 2021.

No entanto, para isso acontecer, será preciso respeitar antes alguns pontos, como:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • O teto de gastos do governo deve ser mantido;
  • O Congresso precisa ‘destravar’ as reformas (tributária e administrativa).

Fora isso, a retomada do crescimento econômico e a superação da pandemia, por meio da vacinação em massa, também são outras metas do governo para esse ano.

Governo liberou auxílio para mais de 22 mil pessoas

No começo de fevereiro desse ano, o governo concedeu o Auxílio Emergencial para 22.233 pessoas, após feitas as reavaliações e contestações do benefício (um total de R$ 20,95 milhões referentes a parcelas do auxílio), de acordo com informações do site G1:

  • 12 mil pessoas receberam as parcelas de 1 a 5: beneficiários que tiveram o pagamento reavaliado após reavaliações de cadastros e atualizações de dados governamentais;
  • 9,4 mil pessoas receberam as parcelas de 6 a 9: beneficiários que ainda não haviam recebido a extensão e passaram por reavaliação;
  • 371 pessoas receberam parcelas de 7 a 9: beneficiários que tiveram o pagamento da extensão do auxílio reavaliado;
  • 561 pessoas receberam parcelas de 6 a 9: beneficiários que fizeram o procedimento de contestação.

Neste caso, os beneficiários receberão de uma só vez todas as parcelas a que têm direito. Além disso, os valores já estão disponíveis para transferências, pagamentos e saques.

Conteúdos que você precisa conhecer

Aproveite esse momento para explorar outros artigos da Foregon que também podem ser do seu interesse:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com o nosso conteúdo. Em casos de dúvidas ou sugestões, envie seu comentário para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Nubank permitirá que seus clientes tenham mais de um cartão virtual

Open banking: BC define dados que precisam ser detalhados na fase 4

Gás de cozinha: fogão a lenha volta a ser mais usado por brasileiros

Novo Bolsa Família começa a ser pago em novembro

Shell planeja investir R$ 3 bilhões em energia renovável no Brasil

Cibercrimes: Brasil é o 5º maior alvo global de ataques de hackers

Nomad lança cartão de débito em dólar para brasileiros

IOF: governo vai aumentar o imposto para custear novo Bolsa Família