Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Covid-19: Câmara aprova isenção de Imposto de Renda para pessoas com sequelas da doença

Por Nara LimaPublicado em

Na última quarta-feira (22), a Câmara dos Deputados aprovou proposta que prevê a isenção de Imposto de Renda e a dispensa de carência previdenciária para pessoas que sofreram com complicações ou sequelas decorrentes da Covid-19.

Agora, o projeto segue para análise no Senado Federal e poderá entrar em vigor a partir de 1º de janeiro do ano seguinte após a publicação da lei.

Os deputados Wolney Queiroz (PDT-PE) e Dagoberto Nogueira (PDT-MS) apresentaram o texto que leva em consideração um estudo divulgado em agosto de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que apontou quais as sequelas mais comuns provocadas pelo coronavírus.

De acordo com os parlamentares e co-autores da proposta de isenção de Imposto de Renda, o alerta epidemiológico lista complicações com potencial de reduzir a capacidade laboral do paciente de forma temporária ou permanente.

"Isso implica, não raramente, a redução de sua capacidade laboral e a exigência de se submeter a tratamentos permanentes ou de longo prazo. Logo, ao mesmo tempo em que o adoecido se encontra fragilizado financeiramente, ele necessita de mais recursos para arcar com as despesas do tratamento", afirmou o deputado Wolney Queiroz.

As sequelas consideradas pelo projeto de lei envolvem: redução das capacidades respiratória, motora, cardiovascular e renal e danos neurológicos e psicológicos associados a Covid-19. No entanto, caso o texto seja sancionado, caberá ao Ministério da Saúde estabelecer os critérios para a caracterização e as condições para a manutenção dos benefícios.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Esse que será concedido mesmo que a doença tenha sido contraída após o início de recebimento dos proventos, contudo, somente enquanto as sequelas durarem. De acordo com a cláusula de reversibilidade presente na proposta, o contemplado perde a isenção ao se restabelecer.

Gostou do conteúdo?

No blog da Foregon você encontra informações, dicas e notícias a respeito do mundo das finanças, vale a pena conferir. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo.

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Senado aprova proposta que aumenta o valor do Auxílio Brasil

Conta digital Bitz oferece cashback em parceria com o McDonald’s

C6 Bank permite empresas venderem através de links de pagamentos; saiba mais

Apple deseja entrar no mercado financeiro e oferecer produtos e serviços

Desafio Santander: como ganhar até R$ 100 com o cartão de crédito

PagBank oferece até R$ 600 para quem fizer portabilidade de salário

Cadastro Positivo liberou crédito para mais de 22 milhões de pessoas, diz Serasa

Banco BV lança opção de cartão sustentável