Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

5 cuidados que devemos ter na hora de usar bancos digitais

Por Camila SilveiraPublicado em

Todos os bancos digitais oferecem serviços de maneira completamente online, sem que os seus clientes precisem comparecer em agências físicas para enfrentar filas, tornando todo o processo menos burocrático.

Por meio do aplicativo do celular, as pessoas podem gerenciar suas contas, realizar transferências e pagamentos e fazer investimentos. E é por isso que é importante tomar cuidado com riscos, como roubos online, vírus, phishing e transações fraudulentas.

Neste artigo, nós vamos apresentar cinco cuidados importantes que todos devem ter no momento de usar os bancos digitais, para que ninguém tome qualquer tipo de prejuízo. Ficou interessado? Continue a leitura.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

5 cuidados importantes na hora de usar os bancos digitais

1. Pesquise sobre o banco antes de abrir uma conta

É necessário aderir ao hábito de pesquisar sobre as instituições bancárias antes de criar uma conta corrente para não se decepcionar futuramente.

Para isso, você pode consultar os nossos artigos no blog da Foregon, que geralmente apresentam as vantagens e desvantagens de um determinado produto ou serviço financeiro, pesquisar a reputação da instituição em sites, como o Reclame Aqui e procurar opiniões de clientes que já têm um relacionamento longo com a empresa.

Dessa forma, você conseguirá esclarecer todas as suas dúvidas e saberá se a instituição bancária é realmente ideal ou não para o seu momento.

2. Desconfie de conversas de bancos fora do aplicativo

Entenda, geralmente, quando um banco digital quer entrar em contato com o cliente, ele costuma fazer isso apenas pelo aplicativo. Portanto, tome cuidado com qualquer conversa que possa ocorrer por meio de redes sociais, e-mail ou links duvidosos. Além disso, jamais envie seus dados por meio desses canais de comunicação.

Caso isso ocorra, procure entrar em contato com o banco digital pelos canais de atendimento tradicionais e saiba se a situação é realmente fraudulenta ou não. Outro fator importante é verificar se o site do banco é realmente seguro, conferindo o cadeado ao lado da barra de endereço e instalando antivírus em seus dispositivos.

3. Tenha uma senha forte de acesso ao aplicativo

Não é segredo para ninguém que a senha é um fator de extrema importância, porque é ela que dá acesso aos seus dados e às principais funções bancárias.

Portanto, caso o banco dê a opção de criar uma, escolha uma bem forte e anote-a para não esquecê-la. Prefira não elaborar uma senha de acesso ao aplicativo com a sua data de nascimento, número de telefone, endereço, seu nome ou nome de parentes. Esse tipo de código não é seguro.

Por fim, mas não menos importante: jamais compartilhe a sua senha com ninguém e lembre-se de mudá-la regularmente (o tempo recomendado pelos bancos é a cada dois meses).

4. Proteja seus dispositivos móveis

Ao proteger os seus dispositivos móveis, como celular ou tablet, você estará protegendo todos os seus dados de aplicativos e, claro, dos bancos digitais. A senha de acesso ao celular também deve ser forte e o dispositivo deve ter um antivírus instalado.

Além disso, é de extrema importância tomar cuidado ao baixar aplicativos no Google Play ou App Store em seu dispositivo, até porque, vários programas solicitam permissões muito invasivas e sem justificativa do serviço.

5. Acesse o banco apenas pelo celular

Dê preferência por acessar aos bancos digitais apenas pelos aplicativos no celular, pois eles recebem diversas atualizações de segurança para identificar riscos de novos golpes. 

Caso você realmente precise acessar pelo computador, saiba que é interessante seguir algumas orientações de segurança, como nunca acessar Wi-Fi público, escolhendo sempre uma rede segura como a sua conexão própria.

Além disso, é interessante digitar o endereço do site na barra do navegador e procurar pelo HTTPS na URL, que indica maior segurança que links apenas com HTTP. E, por fim, nunca deixar seu computador sem supervisão e sair sempre de todas as contas depois que terminar de fazer o uso.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Descubra se o IPVA pode ser parcelado no cartão de crédito

Etec 2021: confira o cronograma completo do vestibulinho

Banco do Brasil vai vender imóveis com descontos de até 70%

Fatec 2021: como funcionará o processo seletivo?

Auxiliar de almoxarifado: saiba qual é a sua função

Conheça o Banco CSF e os principais serviços oferecidos

Como fazer uma reclamação no Mercado Livre pelo App

Qual o código do banco Banestes para TED e DOC?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras