Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Descubra quando o sistema PIX do BC vai começar a funcionar

Por Janaína TavaresPublicado em

O sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), chamado de PIX, vai facilitar diversas operações financeiras como, por exemplo, transferências bancárias entre pessoas, pagamento de contas e boletos e muito mais. Além disso, ele já tem uma data definida para iniciar suas atividades no Brasil.

Quando o PIX vai começar a funcionar?

Com a regulamentação aprovada pelo BC, o sistema vai começar a funcionar a partir do dia 16 de novembro desse ano.

A previsão, anteriormente, era de que ele iria iniciar no dia 3 desse mesmo mês. Portanto, agora, bancos e fintechs com mais de 500 mil contas ativas deverão se adequar até esta data para oferecer o serviço aos seus clientes.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Quando os bancos poderão cadastrar os clientes no PIX?

Esse cadastro poderá ser feito a partir do dia 5 de outubro. Aliás, durante o processo do cadastro, as instituições financeiras participantes poderão dar aos clientes uma Chave PIX, que será composta pelo número de celular, CPF, CNPJ ou e-mail.

Dessa forma, vai ser mais prático para que você saiba quem está recebendo os pagamentos por meio desse novo sistema.

Caso queira descobrir mais informações sobre ele, recomendamos a leitura do seguinte artigo:

Banco Central define ajustes no sistema PIX

Mesmo com a regulamentação aprovada para que essa plataforma possa funcionar no país, o BC ainda fez alguns ajustes que não estavam previstos inicialmente. Veja quais são eles, logo a seguir:

Criação da "liquidante especial" no PIX

É uma modalidade de instituição participante que não vai contar com clientes finais. Neste caso, a "liquidante especial" vai fornecer tecnologia e conexão para startups e bancos menores. Com isso, os custos serão reduzidos e as transações financeiras serão mais baratas.

Redução do capital mínimo no PIX

Com a intenção de incentivar um ambiente competitivo, o BC decidiu por reduzir o capital mínimo para que uma instituição possa participar da plataforma.

Vale destacar ainda que ele também vai integrar as novas instituições tanto nessa plataforma, como no Sistema Brasileiro de Pagamentos de maneira simultânea.

Agendamento de transação por meio do PIX

Outra mudança que o BC trouxe diz respeito à possibilidade de agendar uma transação por meio desse novo sistema.

Sendo assim, com o "PIX agendado", você terá a liberdade de agendar a realização de um PIX para uma determinada data.

Conteúdos que você precisa conhecer

Para complementar a sua experiência aqui na Foregon, separamos outros artigos. Confira as opções:

Descomplicamos?

Conte pra gente: você está ansioso pelo início de funcionamento desse novo sistema de pagamentos instantâneos? Qualquer dúvida ou sugestão, envie aqui nos comentários. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix: bancos cobram taxa de até R$ 10 por transferência

Contatos de celular poderão ser integrados ao Pix: saiba mais

Será o fim do cartão físico com a chegada do Pix e Open Banking?

Conheça os 11 estados que poderão pagar a conta de energia pelo Pix

É possível ter Pix em mais de um banco? Descubra agora

PIX permitirá movimentação de conta salário por meio de seu sistema

Pix está na mira de criminosos que aplicam golpes de phishing

Como você pode ganhar dinheiro usando o PIX: passo a passo

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Pix