Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Desemprego cresce para 14,7% e atinge número recorde brasileiros

Por Nara LimaPublicado em

De acordo com informações divulgadas pela Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a taxa de desemprego no Brasil ficou em 14,7% no primeiro trimestre e atingiu cerca de 14,8 milhões de brasileiros. 

Em decorrência de uma série de fatores, que incluem o Governo Federal e a piora da pandemia do Covid-19 no país, essa foi a maior taxa apresentada pela pesquisa, que teve início em 2012. 

Desemprego em épocas difíceis 

Os dados, que foram divulgados após a realização da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), indicaram que duas regiões foram as mais afetadas com o desemprego: Norte, que passou de 12,4%, no último trimestre de 2020, para 14,8%, no primeiro trimestre de 2021, e Nordeste, no qual apresentou mudança de 17,2% para 18,6%.

Ambas regiões apresentaram as maiores taxas de afastamentos desde 2012. Nas demais localidades brasileiras, o cenário é de estabilidade em relação ao quarto trimestre do ano passado. 

Dados que mostram a realidade do Brasil 

A instituição também informou que a taxa de desemprego entre os brancos é de 11,9%, menor que a apresentada entre pretos e pardos, com respectivos 18,6% e 16,9%. Além disso, no primeiro trimestre deste ano, 12,2% dos homens estavam desempregados, enquanto o número entre as mulheres foi de 17,9%. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Já entre os jovens de 18 a 24 anos, a taxa de desemprego, de 31%, foi bem mais alta do que a média nacional, registrada em 14,7%.

Busca por emprego

Apesar dos números significativos, a analista da pesquisa do IBGE, Adriana Beringuy, informou em nota que as regiões Norte e Nordeste apresentaram aumento significativo da procura por trabalho no primeiro trimestre de 2021, aumentando o índice de desocupação nessas duas áreas.

Ainda em nota, foi informado que o aumento no número de desempregados no Norte chegou a 187 mil pessoas a mais quando comparado ao último trimestre de 2020. No Nordeste, houve acréscimo de 370 mil pessoas, totalizando 4,4 milhões de pessoas à procura de emprego.

Descomplicamos?

Esperamos que esse conteúdo seja útil para a sua vida. Se você também está em busca de um emprego, confira alguns artigos publicados pelo nosso blog: 

E você já sabe, em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo, combinado? Nos vemos em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Fintech Magalu: conheça os novos produtos e serviços financeiros

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros