Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Educação financeira será matéria obrigatória nas escolas

Por Janaína TavaresPublicado em

A educação financeira é fundamental para todo cidadão, já que com ela você aprende a ter mais consciência do uso do seu dinheiro e aprende a equilibrar as finanças pessoais. Além disso, neste ano, ela será matéria obrigatória no ensino infantil e fundamental, em todas as escolas do Brasil.

Gostaria de entender melhor como isso será feito na prática? Acompanhe a leitura do nosso artigo, logo abaixo:

Como a educação financeira nas escolas vai funcionar?

Esta disciplina vai fazer parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Portanto, a educação financeira será uma matéria transversal, ou seja, ela vai ser aplicada em várias aulas e projetos com o objetivo de incentivar as crianças a cuidarem melhor do dinheiro, visando a independência financeira

O que é a BNCC?

É o nome que se dá para um documento que determina o mínimo que precisa ser ensinado nas escolas, desde a educação infantil até o ensino médio.

Isso quer dizer que agora a educação financeira está prevista na Base Nacional Comum Curricular e todos os brasileiros têm o direito de aprender a respeito. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Quais serão os desafios?

A oferta desta matéria nas escolas vai depender da estrutura de cada rede de ensino, da formação de professores, oferta de material didático, além do tempo de preparo das aulas para ministrar essa disciplina.

Em entrevista para o site da Agência Brasil, o presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Garcia, afirmou que os municípios serão os responsáveis pela formação dos docentes em 2020.

Dessa forma, de acordo com o presidente, será possível trazer a educação financeira para o  ensino infantil e fundamental, assim como outras competências previstas na BNCC.

Por fim, segundo o parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE), homologado pelo Ministério da Educação (MEC), os currículos do ensino infantil e fundamental devem ser adequados até este ano, para incluírem a educação financeira nas escolas e dentre outros temas.

Sugestões de conteúdos

Continue sua jornada com a gente e aproveite para ler outros artigos:

Descomplicamos?

Você gostou de saber que a educação financeira vai ser trabalhada nas escolas? Qual sua opinião a respeito do assunto? Até uma próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Benefícios de consultar o score de crédito

Os 5 principais erros na gestão financeira empresarial

Pagamentos digitais: quais os mais utilizados pelo e-commerce

Pagamento de dívidas: descubra com esses 5 livros qual a melhor forma de começar

5 alternativas para fugir dos juros altos

Imposto de Renda: o que acontece se eu não declarar?

Perfis financeiros: saiba quem é você na hora de lidar com dinheiro

Dicionário financeiro: 20 expressões sobre dinheiro que todo brasileiro deve conhecer