Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Empresas terão mais prazo para pagar empréstimos concedidos através do Pronampe

Por Thais SouzaPublicado em

No dia 8 de março o governo anunciou que os empresários que obtiveram empréstimos por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) terão mais três meses para começar a quitar a dívida. 

Empresas terão mais prazo em empréstimos do Pronampe

O anúncio foi feito pelo o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa. Com a decisão, o prazo máximo para pagamento da primeira parcela pode passar de oito para onze meses.

"O Ministério da Economia acabou de aprovar uma extensão de três meses na carência. Ou seja, aquele empresário que tomou recursos em agosto e que teria que começar a pagar agora […] terá mais três meses, no meio dessa situação muito difícil, para ter um pouco de alívio", afirmou Costa.

[promotion id="1182" description="Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade" numberOfRequests="78.477" secondsLeftToRequest="980"]

O Pronampe foi criado no ano passado como uma alternativa para auxiliar pequenas empresas a enfrentarem a crise causada pela pandemia do Covid-19. Através do programa, os pequenos empreendedores poderiam contratar empréstimos dos bancos de até 30% do valor do faturamento de suas empresas, com pagamento em 36 vezes e juros de até 1,25% mais Taxa Selic.

O pagamento da primeira parcela de empréstimos feitos através do Pronampe tinha o prazo de carência de oito meses após a contratação e, agora, pode ser prorrogado por mais três. Assim, as primeiras parcelas que deveriam começar a ser pagas em março, começarão a vencer em junho.

Como vai funcionar o adiamento do vencimento?

Todos os empresários que contrataram empréstimos através do Pronampe poderão pedir mais três meses de prazo para pagamento da primeira parcela. 

No entanto, é importante ressaltar que a prorrogação não é automática nem garantida. A empresa que contratou o empréstimo deverá entrar em contato com o banco que forneceu o crédito e solicitar o adiamento do vencimento.

A partir daí, é o banco que decidirá se vai aceitar ou não a solicitação de adiamento do vencimento por parte da empresa.

Fique por dentro de todas as notícias 

No blog da Foregon você se mantém informado com notícias e novidades do universo financeiro e muito mais! Aproveite e leia também: 

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Netflix altera preço da assinatura: confira os novos valores

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais

Reforma Tributária: vale-refeição e vale-alimentação estão em risco?

Alto Tietê reúne mais de 480 vagas de emprego; confira