Foregon.comConteúdos

Comparativo empréstimo pessoal, cartão de crédito e cheque especial

Por Guilherme GadelhaPublicado em
Compartilhe

Quando estamos no vermelho nos deparamos com diversas opções de crédito para contornar a nossa situação financeira. Apesar de algumas alternativas oferecerem soluções imediatas, é importante ficar atento aos detalhes. Empréstimo pessoal, cartão de crédito ou cheque especial? Confira a melhor resposta em nosso texto!

Por que tem tanta gente endividada?

Você pode não saber, mas os fatores que influenciam no endividamento dos brasileiros são vários. A falta de educação financeira, baixa renda e facilidade de conseguir crédito é um dos principais motivos de débitos não pagos.

Em 2017, o SPC constou cerca de 59,1 milhões só no Brasil. O não pagamento do cartão crédito e parcelas de carros em atrasos são os principais motivos desses números existirem.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Taxas de Juros: Empréstimo Pessoal, Cartão de crédito e Cheque Especial

O crédito pessoal é um tipo de empréstimo que precisa de uma análise para ser aprovado, por isso, possui juros menores que as do cheque especial. No entanto, por conta das taxas variarem de uma instituição para a outra, o empréstimo pessoal se apresentam como a opção mais economia do momento. As taxas costumam variar de 6% a 8% ao mês.

Já o cheque especial se trata de um crédito pré-aprovado na conta bancária. Apesar de ser uma opção que exige menos energia por causa da praticidade, ela possui taxas de juros mais altas.

Mesmo que poucas pessoas saibam, toda instituição financeira tem o poder de alterar as suas taxas de juros, visto que o padrão fica entre 13% a 15% mensalmente. Para estipular o valor, as instituições usam o valor total e o tempo usado para pagar o empréstimo.

Por fim temos a opção do cartão de crédito, contudo, este é o poder que deve ser controlado à risca. Pagar o mínimo ao invés de quitar o valor total da fatura é um perigo, visto que os juros do crédito rotativo podem exceder 400% ao ano.

Melhor forma de pagar menos juros?

Evitar o cartão de crédito rotativo e cheque especial é o primeiro passo. No entanto, caso tenha acontecido alguma emergência que fez você usar essa opção, busque meios para quitar a sua dívida o mais rápido o possível. Vale lembrar que essas alternativas contam com taxas de juros que são corrigidas por dia, por isso é importante deixá-las no passado.

Não tem o dinheiro para quitar a dívida? Então pode ser que a melhor opção seja propor uma negociação com o banco. Busque pelo gerente para encontrar a melhor forma de pagar esse débito.

Você pode saber algumas dicas para negociar a sua dívida com o banco clicando aqui.

Ir atrás de um empréstimo pessoal que ofereça taxas de juros menores também é uma alternativa para quitar essa dívida. Para economizar, é importante fazer uma pesquisa de preços.

Vale lembrar que aqueles que não possui nenhuma dívida no cheque especial ou no cartão possuem maiores chances de conseguir valores melhores no banco que já possuem uma conta.

É importante tomar cuidado

O cheque especial é algo que merece a sua atenção. Apesar de se tratar de um crédito pré-aprovado, ele possui taxas de juros mais altas. Em situações de emergência, onde não existe outra alternativa, é importante usá-lo com grande responsabilidade.

Além das informações acima, você pode conferir um conteúdo mais detalhado clicando aqui. Se tiver qualquer dúvida, é só perguntar pra gente!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais
Guilherme Gadelha

Publicitário e Redator na Foregon. Gosta do universo financeiro e tem a escrita como hobby e profissão.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Banco Central mantém taxa Selic em 2% ao ano

  • Dicas financeiras

    Coinvalores: conheça os produtos oferecidos

  • Dicas financeiras

    10 melhores cartões para aproveitar a Black Friday 2020

  • Dicas financeiras

    Quer viajar com desconto? Conheça a Buser

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras