Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Empréstimo: veja os perigos de emprestar nome para terceiros

Por Camila SilveiraPublicado em

A vontade do brasileiro em querer ser solidário com outras pessoas pode provocar diversos problemas. De acordo com uma pesquisa do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), um em cada dez brasileiros contrai dívidas por emprestar nome para terceiros realizarem empréstimos.

Aproximadamente 15 milhões de consumidores brasileiros estão inadimplentes por terem emprestado o nome para outras pessoas. Uma das principais causas para essa ação é que, na maioria das vezes, não atentamos e nem avaliamos bem as pessoas que solicitam esse favor. 

Normalmente, quem solicita possui restrição no nome em órgãos de proteção ao crédito, enfrenta dificuldade para comprovar a renda ou está abaixo do exigido para o limite de crédito desejado. Essas informações mostram que os perigos de emprestar nome para empréstimo são bem graves. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Quais são os perigos de emprestar o nome para terceiros?

Haverá o risco da dívida não ser paga e, como resultado, o seu nome será incluído em órgãos de proteção ao crédito como, por exemplo, o SPC e Serasa. Sendo assim, você ficará impossibilitado de fazer compras, contratar financiamentos e empréstimos, de utilizar o seu cartão de crédito e até mesmo de aproveitar serviços básicos como internet e celular pós-pago. 

Além de tudo isso, aparecerão as cobranças via processos judiciais dos credores, proporcionando aquela temida dor de cabeça. Você pode até acreditar que aquelas dívidas não lhe pertencem e negar o pagamento, mas essa ação só vai prejudicar ainda mais a sua situação financeira, não é mesmo? 

O que fazer para fugir dessa situação?

O recomendado é que você evite emprestar o seu nome para terceiros realizarem empréstimos, compras no cartão de crédito, abertura de crediário, entre outros. Mas, se realmente for necessário, avalie o peso dessa dívida em seu orçamento e veja se essa decisão pode desestabilizar as suas finanças, caso a conta não seja paga.

Também é válido pedir garantias de pagamento como cheques da própria pessoa e apenas emprestar o valor em dinheiro, caso tenha disponível. Essas ações podem ser importantes para evitar os riscos, mas não garantem total segurança.

Gostou do conteúdo?

Ajudamos você entender quais são os perigos de emprestar nome para terceiros? Esperamos que sim. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Empréstimo com garantia de imóvel Itaú: conheça e veja como solicitar

Crédito Benefício do Banco do Brasil: conheça e veja como solicitar

Santander: conheça as opções de antecipação do 13º e restituição do IR

Usecasa: conheça o empréstimo com garantia de imóvel do Santander

UseCarro: conheça o empréstimo com garantia de veículo do Santander

+Vezes Santander: pague suas compras no boleto em até 72x

Empréstimo Nubank: veja como antecipar parcelas

Caixa Tem pode liberar empréstimo para público de baixa renda