Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Enel SP fará feirões para parcelamento de contas de luz atrasadas: veja as datas

Por Sabrina VansellaPublicado em

Desde o dia 26 de junho, a Enel Distribuição São Paulo deu início aos feirões para renegociação e parcelamento de dívidas e atendimento ao cliente. Atualmente, a concessionária atua em 24 municípios da Grande São Paulo e busca otimizar as pendências dos consumidores que estão com atrasos de faturas.

Confira as datas e as localizações dos feirões:

A proposta é de que aconteçam cinco feirões no total até o próximo mês. O primeiro deles aconteceu no dia 26, no CEU Feitiço da Vila, a localização foi: Rua Feitiço da Vila, 399, Chácara Santa Maria, na Zona Sul da capital paulista.

As próximas edições serão realizadas no dia 3 de julho, no Céu Jaguaré (Avenida Kenkiti Simomoto, 80) e 17 de julho, no Céu Lajeado (Rua Manuel da Mota Coutinho, 293). Os outros dois feirões devem acontecer no mesmo mês, mas a concessionária informou que os locais escolhidos ainda estão em fase de definição.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Os atendimentos acontecerão somente com horário marcado e o agendamento deve ser efetuado por meio do site da Enel. Para agendar é preciso acessar o site, clicar em "Agende seu atendimento presencial", "Novo agendamento" e "Fique em dia Enel".

Após a confirmação, o cliente receberá uma mensagem via SMS, com a senha que deverá ser apresentada no feirão.

André Oswaldo Santos, diretor de mercado da Enel Distribuição São Paulo, acrescentou que durante os feirões, além de renegociações e parcelas em contas com atrasos, os clientes terão a possibilidade de realizar serviços como: transferências de titularidade, cadastro baixa renda, pedido de religação, esclarecimento de dúvidas sobre a fatura, entre outros.

Como será a renegociação?

A Enel Distribuição São Paulo está oferecendo diversas opções aos clientes que gostariam de quitar suas dívidas com a concessionária. Confira as alternativas:

  • Contas atrasadas acima de 180 dias: os consumidores poderão obter descontos de 40% no valor original da fatura, com parcelas em até seis vezes (entrada mais cinco parcelas);
  • Clientes cadastrados como baixa renda: aqueles que já estão cadastrados como baixa renda poderão parcelar suas dívidas em até 12 vezes com juros (entrada mais 11 parcelas). O desconto de 40% da dívida não está aplicado nesta opção;
  • Parcelamento: todos os clientes poderão obter parcelamento em até 10 vezes (uma entrada e nove parcelas). Nesta opção não será concedido o desconto no valor da dívida.

Todos valores poderão ser pagos na própria conta de luz. Aqueles que se cadastraram como baixa renda durante os feirões, contarão apenas benefícios do governo federal em faturas futuras, a partir do momento do cadastro inicial. Para os valores em aberto, as condições seguirão as mesmas da oferta mencionada.

Uma iniciativa que foi implementada por parte do programa Luz Solidária para os clientes que participarem das negociações do feirão, é trocar até quatro lâmpadas incandescentes pelo modelo LED. O intuito é promover a economia, já que as lâmpadas LED são 80% mais econômicas e possuem uma vida útil maior, chegando até 25 mil horas.

Negociação via online

As negociações também podem ser feitas por meio dos canais digitais, saiba quais são eles::

Gostou do nosso conteúdo?

Esperamos ter ajudado com essas informações. Se tiver alguma dúvida, faça um comentário. Até breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais

Reforma Tributária: vale-refeição e vale-alimentação estão em risco?

Alto Tietê reúne mais de 480 vagas de emprego; confira

Caern permitirá pagamento e parcelamento de contas no cartão de crédito