Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Entenda o que é e para que serve a Tabela Price

Por Janaína TavaresPublicado em

Você sabia que ao comprar um imóvel financiado, o comprador pode pagar essa dívida utilizando a Tabela SAC (Sistema de Amortização Constante) ou a Tabela Price? Se ainda não, vamos te explicar como funciona o pagamento usando esta última opção. Para descobrir mais, basta continuar a leitura do artigo.

Quem criou?

A Tabela Price foi criada no ano de 1771 por Richard Price. Este sistema de amortização tinha como finalidade ajudar no cálculo de aposentadorias e pensões. No entanto, atualmente, é uma das mais importantes formas de parcelamento de compras a prazo. Além disso, possui grande relevância quando o assunto é financiamento de imóveis.

Entenda a Tabela Price

Ao usar este sistema de amortização seu financiamento terá parcelas iguais, diferente da tabela SAC que trabalha com parcelas decrescentes. Ou seja, no caso da Tabela Price, o valor das mensalidades se mantém até o final do pagamento.

No entanto, é importante lembrar que neste sistema o preço à vista do produto adquirido é diferente do total parcelado com os juros compostos embutidos.

Ela é utilizada em quais situações?

Basicamente, a Tabela Price é usada geralmente nos seguintes casos:

Homem desconfiado com a mão no queixo
Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!
Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

  • Financiamento com prazos menores;
  • Empréstimos e crediários;
  • Veículos;
  • Bens de consumo, dentre outros.

Como funciona o cálculo da tabela?

Para começar, a base de cálculo da Tabela Price é o valor fixo das parcelas que foi definido em contrato. Assim, os juros serão calculados em escala decrescente, pois cada parcela paga deixa um saldo devedor. Portanto, é sobre esse saldo que incidem os juros.

Porém, é importante ressaltar que existem dois tipos de tabelas: a Price para carência e a da carência somada a juros. Em relação à primeira alternativa, você paga o valor dos juros ao longo de um determinado período. Já na segunda opção, incidem juros sobre juros.

Vantagens e desvantagens

  • Prestações fixas;
  • Possibilidade de pagamento antecipado;
  • Juros elevados.

Sugestões de leitura

Gostaria de ficar por dentro de outros conteúdos? Aproveite esse momento para ler:

Descomplicamos?

Fale pra gente, você já conhecia a Tabela Price e sabia como ela funciona? Qualquer dúvida, comente aqui para que possamos te ajudar. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Confira a Lista dos Melhores Fundos Imobiliários de 2022

Inflação no Mundo: Conheça os Índices dos Países do G20 [2022]

Desenquadramento MEI: Como Funciona e Quais as Vantagens?

Décimo Terceiro dos Aposentados em 2022: Como vai Funcionar?

Declaração de Isenção de Imposto de Renda: Como Fazer?

Agência 3880 da Caixa: o que é, Onde Fica e Qual o Telefone?

Isenção de Imposto de Renda: Como Funciona?

Permuta: Significado, Exemplos e Como Fazer