Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Entenda porque o dólar subiu após decisão de Fachin favorável a Lula

Por Thais SouzaPublicado em

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou no último dia 8 de março todas as condenações contra Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. Essa decisão tornou o ex-presidente reelegível e disparou a alta do dólar. Entenda porquê. 

Dólar sobe após anulação das condenações de Lula

Com as decisões de Fachin, o dólar disparou para R$ 5,778, totalizando aumento 1,67%. A moeda norte-americana já estava em alta por conta das decisões relacionadas a uma possível aprovação de um Auxílio Emergencial sem compensação de gastos. 

O aumento é o maior desde maio de 2020, quando o dólar chegou a R$ 5,839. No dia seguinte à decisão, na parte da tarde, o índice Ibovespa operava em alta de 1%, aos 111.718,22 pontos.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Fachin anula condenações de Lula relacionadas à Lava Jato

O ministro Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná para julgar quatro ações contra o ex-presidente Lula: as do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e duas ações relacionadas ao Instituto Lula.

Com a anulação das condenações de Lula da Lava Jato, o ex-presidente ficaria elegível para a eleição presidencial de 2022. A decisão de Fachin deverá ser avaliada pelo plenário do STF. A procuradoria geral da união afirmou que vai recorrer.

Por que o dólar subiu com a decisão?

Isso acontece porque o mercado reage às incertezas sobre a dinâmica política e econômica das próximas decisões que serão tomadas. Com Lula elegível novamente, o receio dos investidores é que o governo enverede por um caminho mais populista para competir com o PT. 

E isso é o que já vem acontecendo nas últimas semanas, depois de uma série de episódios em que, para o mercado, o presidente Jair Bolsonaro agiu deixando de lado princípios de uma política econômica liberal.

As incertezas do mercado foram causadas, principalmente, pela decisão de troca do comando da Petrobras e os alertas feitos por ele de atuação em outras estatais e setores da economia, como energia.

Ou seja, as decisões de Fachin ocasionaram em um receio do mercado econômico em relação às próximas ações de Bolsonaro para competir com o ex-presidente Lula. 

Gostou da notícia?

Deixe seu comentário abaixo caso tenha ficado com alguma dúvida. Aproveite e leia também: Como a alta do dólar afeta minhas finanças pessoais?.

Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida de pessoas que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Vira-Lata Finance perde mais de 80% do seu valor: entenda

Nubank lança função para parcelar compras pagas à vista

20 filmes indicados ao Oscar 2021 para ver em plataformas de streaming

Visa permite o uso de criptomoedas em sua rede de pagamentos

Visa e Mastercard podem usar o WhatsApp para pagamentos

Auxílio Emergencial 2021: confira os calendários de pagamentos

Gravvity: nova rede social pagará usuários para verem publicidade

Serasa Experian oferece curso gratuito para empreendedores

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Notícias sobre economia e finanças