Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Está desempregado? Confira benefícios que o governo oferece para você

Por Janaína TavaresPublicado em

Quem está desempregado no momento, pode enfrentar uma série de dificuldades, principalmente do que diz respeito à situação financeira.

Por isso, enquanto você não consegue arrumar um emprego fixo, vale a pena conhecer os programas ofertados pelo governo federal que podem te ajudar financeiramente.

Como receber ajuda do governo estando desempregado?

A grande maioria dos programas do governo são disponibilizados por meio do Cadastro Único (CadÚnico) e da Caixa Econômica Federal.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Portanto, quem se inscreve pelo CadÚnico consegue ter acesso a vários benefícios sociais (de acordo com as regras de cada programa), como:

  • Bolsa Família;
  • Minha Casa, Minha Vida (Casa Verde e Amarela);
  • Tarifa Social, entre outros.

Para participar do CadÚnico, a família do desempregado deve ter uma remuneração de até meio salário mínimo por pessoa ou uma renda total de até três salários mínimos. Veja como se inscrever:

  1. Vá até o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da sua cidade para realizar o cadastro;
  2. Apresente seu CPF, comprovante de residência e o título de eleitor do responsável pela família. Não esqueça de levar também um documento de cada membro da família (RG, certidão de nascimento, carteira de trabalho, por exemplo);
  3. Assim que concluir a inscrição no CadÚnico, entre em contato com os servidores do CRAS para saber quais são os programas sociais que sua família pode participar.

É possível participar do Bolsa Família?

O Bolsa Família foi criado para ajudar famílias pobres ou de extrema pobreza. Por isso, esse benefício só pode ser concedido para quem atende as exigências programa:

Importante: para obter este benefício, é preciso realizar a inscrição no CadÚnico. Feito isso, é só aguardar e conferir se a solicitação foi aprovada ou recusada.

É possível receber auxílio-doença?

Quem contribui para a Previdência Social, consegue garantir o recebimento de um determinado benefício no futuro.

O auxílio-doença, por exemplo, pode ser usado para os trabalhadores contribuintes que precisaram se afastar do serviço por causa de uma enfermidade física ou psíquica.

Vale ressaltar ainda que, se você está desempregado, só pode receber o benefício após os 12 primeiros meses de desemprego. Passado esse período, você deve voltar a contribuir com o INSS para adquirir novamente o direito a este e outros benefícios.

Conteúdos que você precisa conhecer

Aproveite esse momento para explorar outros artigos da Foregon que também podem ser do seu interesse:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com o nosso conteúdo. Em casos de dúvidas ou sugestões, envie seu comentário para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Programa de fidelidade da Americanas será gratuito para todos os clientes

Governo edita Medida Provisória que facilitará o acesso a empréstimos

Banco Inter faz parceria com Vítreo para oferecer fundos de criptomoedas

Confira o novo calendário do saque-aniversário do FGTS 2021

Governo inclui mais de 30 categorias autorizadas a trabalhar aos domingos e feriados

Prefeitura de SP contrata mães de alunos para ajudar nos protocolos contra Covid-19

Imposto de Renda 2021: prazo para declaração vai até 30 de abril

Quem precisará devolver o Auxílio Emergencial?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Notícias sobre economia e finanças