Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

ETF de criptomoedas: saiba como investir pela Bolsa brasileira

Por Guia do InvestidorPublicado em

Você pode até já conhecer a modalidade de investimento ETF, mas talvez ainda não esteja totalmente familiarizado sobre os mais novos tipos de ETF, os chamados ETFs de criptomoedas ou os famosos fundos de índices.

É um investimento considerado bastante novo, mas que chega como uma alternativa à compra direta de moedas digitais como o Bitcoin, trazendo mais segurança ao investidor. 

Afinal, os ETFs já são conhecidos e estão entre as principais aplicações financeiras da bolsa de valores.

Um levantamento recente mostrou que os ETFs de criptomoedas chegaram a quase 160 mil investidores em apenas 7 meses, tendo negociado mais de R$1,6 bilhão, surpreendente não é verdade? Mas como investir nesse mercado a partir do Brasil?

É muito mais simples do que você imagina, você pode fazer seus investimentos diretamente na B3.

Homem desconfiado com a mão no queixo
Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!
Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

A bolsa de valores brasileira tem cinco ETFs de criptomoedas, são eles:

  • QR CME CF Bitcoin Reference Rate (QBTC11);
  • CME CF Ether Reference Rate (QETH11);
  • Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Indice (HASH11);
  • Hashdex Nasdaq Bitcoin Reference Rate (BITH11); 
  • Hashdex Nasdaq Ethereum Reference Price Fundo de Índice (ETHE11).

Vantagens e Desvantagens do investimento

Caso você não saiba, existem diversos motivos e vantagens para você incluir ETFs na sua carteira de investimentos, por exemplo, a diversificação, já que é possível investir em mais de um ativo por meio de uma única cota de ETF, além disso, tem também a liquidez para comprar e vender cotas no mercado diariamente.

Outro ponto interessante dos ETFs, é a praticidade, já que não precisa abrir conta em corretoras específicas de criptomoedas somente para operar e também não é necessário se preocupar com wallets ou chaves privadas.

Por fim, o baixo custo, já que os valores de cada cota são acessíveis a todos os tipos de investidores.

Um ponto negativo é que os ETFs não são isentos de IR e, por isso, uma alíquota de 15% do lucro se aplica na venda. Para pagá-la, o investidor deve gerar uma DARF online e fazer o pagamento no seu banco de preferência.

Portanto, os ETFs são veículos que permitem o acesso aos investimentos em criptomoedas de modo diversificado e prático, além de serem de fácil entendimento.

No geral, investir por meio de ETFs e fundos é mais cômodo. Basta escolher o produto e comprar as cotas, e não há necessidade de se preocupar em montar uma carteira de criptomoedas e acompanhar o setor muito de perto.

Vale ressaltar que nos EUA, o primeiro ETF de Bitcoin causou grande sucesso no mercado, aponta pesquisa recente da Stake. Isso dá uma amostra da aceitação do público com esse tipo de ativo. Boa parte deles surgiu como resultado do interesse crescente dos investidores de Renda Variável em incluir criptomoedas em suas carteiras, de modo a torná-la mais diversificada e com maior potencial de retorno.

Como investir?

Bom, agora que já ficou claro para você como funciona esse mercado de ETFs na B3, talvez tenha se interessado em investir em algum deles. Para isso, o processo é bastante simples:

  • O primeiro passo é escolher o(s) ETF(s) de sua preferência;
  • Depois, abra ou acesse sua conta em uma corretora de valores que esteja conectada à bolsa; EX: BITH11
  • Agora basta acessar home broker da corretora e digite o código do ativo escolhido;
  • Após escolher a quantidade de cotas que deseja comprar, basta clicar em "comprar";
  • Sua ordem será processada e em 2 dias o ETF aparece na sua custódia na corretora. 

Não esqueça que caso você resolva vender seus ETFs, isso também é bem simples, basta voltar ao home broker e repetir o mesmo processo e na parte onde você clicou em "comprar", agora você deve clicar em "vender".

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Guia do Investidor

Nós acreditamos na simplicidade e na transparência das relações, por isso descomplicamos os bancos

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Índices de Reajuste de Aluguel: IGP-M ou IPCA?

O que é Capital Social e Como Definir o Valor?

Barra de Ouro Vale Mais que Dinheiro? Veja Quanto Custa

Banco do Brasil: Como Emitir 2ª via da Fatura do Cartão?

Dataprev: Como Consultar Calendário do Auxílio Emergencial

Cartão de Crédito Nubank: Benefícios Nubank e Mastercard

Décimo Terceiro Salário 2022: Calendário e Como Calcular

Ações Nubank: Como Comprar e Quanto Custam?