Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

ETF: saiba tudo sobre esse tipo de investimento

Por Sabrina VansellaPublicado em

Entender o que é ETF é o primeiro passo para ampliar seu conhecimento sobre esse tipo de investimento. Existem chances desse ativo ser o ideal para os que buscam uma carteira diversificada, realizando o aporte em um único código de negociação. Para mais informações, continue a leitura do artigo!

O que é ETF?

ETF é uma sigla para Exchange Traded Funds, que em tradução livre significa: Fundos Negociados em Bolsa. 

Para saber mais sobre ETF é essencial entender como funcionam os fundos de investimento. Nessa modalidade, vários investidores se unem em um único investimento com ativos diferentes.

Ou seja, ao aplicar seu dinheiro em um fundo de investimento, seja de Renda Fixa ou Renda Variável, você estará investindo em diversos ativos sem precisar comprar cada um deles individualmente.

No caso do ETF, ele é um fundo de investimento que concentra seus recursos em ações que são negociadas na B3. Diferente de comprar uma ação individual, no ETF, quem administra o investimento é o gestor do fundo.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Por isso, antes de investir nessa modalidade é importante entender que você não poderá escolher os investimentos deste fundo.

O lado bom

A agilidade do ETF é o que chama mais atenção aos investidores que desejam iniciar na jornada de Renda Variável. Também existem outras vantagens como:

Diversificação

É de conhecimento geral do investidor o conceito de "não colocar todos os ovos na mesma cesta", o que significa que o risco de sair no prejuízo é muito alto caso alguma coisa aconteça com seu único investimento. 

Por isso o ETF chama atenção, já que eles diversificam a carteira e procuram diversos ativos diferentes. Com isso, você consegue estar mais protegido caso alguma empresa desvalorize.

Praticidade

Como citado anteriormente, a praticidade é um dos pontos mais vantajosos de investir em ETF. Como o mercado de capitais exige um conhecimento maior, essa pode ser a oportunidade para começar a investir nele sem ter experiência.

Geralmente, os produtos são construídos e administrados por especialistas no mercado financeiro, ou seja, as preocupações são menores para o investidor iniciante.

Custos 

Diferente de comprar ações individuais que te fazem arcar com custos de administração de compra e venda de papéis, o ETF não faz essa cobrança. A taxa de administração do ETF é menor do que a de outros fundos de investimentos tradicionais, podendo até ser nula em algumas corretoras de valores.

Retornos

O retorno é um dos pontos mais interessantes do ETF. Para investidores que estão saindo da Renda Fixa, a carteira ETF segue um indexador que reúne empresas mais seguras que são destaque na Bolsa de Valores.

Internacionalização

Se você deseja começar a internacionalizar seus investimentos, o ETF pode ser uma boa escolha. Com ele é possível investir em companhias do mundo todo como Google, Amazon, Coca-Cola, entre outras.

Outro ponto interessante é que os recursos não precisam ser enviados para o exterior e eles podem ser negociados diretamente no Brasil pela B3.

O lado não tão bom

A maioria dos investimentos apresentam vantagens e desvantagens, o importante é você ter discernimento e entender o que é mais importante para tomar sua decisão. Confira o lado não tão bom e chegue à uma conclusão:

Falta de estratégia

Os riscos nesse fundo de investimento são maiores do que os de Renda Fixa. Por conta disso, os resultados também podem ser melhores. 

No entanto, por ser um investimento em ações, existem outras limitações. Por exemplo, a composição da carteira não é tão estratégica e nem leva em consideração alguns fatores importantes para investidores mais experientes.

Tributação

No caso do ETF, a tributação existe e não oferece isenção de Imposto de Renda para a venda de ativos abaixo de R$ 20 mil. Além disso, esses fundos têm alíquota de 15% sobre o lucro que for obtido.

Liquidez 

A liquidez de um ativo é responsável por mostrar o tempo que ele poderá ser transformado em rendimentos. No caso do ETF, se houver pouca liquidez o investidor pode sair no prejuízo ao vender o ativo. Por isso é preciso que você ache um comprador no mercado e levante o volume médio de negociação do ativo.

Volatilidade

Os investimentos de Renda Variável possuem uma característica diferente dos de Renda Fixa: a imprevisibilidade. Afinal, sua rentabilidade está ligada a variação das ações presentes no fundo de investimento, que pode ser positiva ou negativa.

Como investir em ETF? 

O ETF ainda não é muito conhecido no Brasil, mas já é possível investir neste fundo. Se você é investidor em papéis na Bolsa de Valores ou quer começar a investir, vai perceber que é mais fácil começar do que imagina.

Para começar a investir em ETF, é essencial ter uma conta em uma corretora de valores. Através da sua conta, você deverá acessar a plataforma, buscar pelo ETF e informar quanto dinheiro será investido.

ETFs disponíveis na B3

Selecionamos os principais ETFs que estão listados na Bolsa de Valores, mas lembre-se que esses novos fundos de investimento estão sendo lançados. Confira:

Razão social Fundo Código
BB ETF S&P DIVIDENDOS BRASIL FUNDO DE ÍNDICE BB ETF-SP DV BBSD11
CAIXA ETF IBOVESPA FUNDO DE ÍNDICE CAIXAETFXBOV XBOV11
ISHARES S&P 500 FDO INV COTAS FDO ÍNDICE ISHARE SP500 IVVB11
TREND ETF NASDAQ 100 FDO. INV. ÍNDICE. INV. EXT TREND NASDAQ NASD11
ISHARES IBOVESPA FUNDO DE ÍNDICE ISHARES BOVA BOVA11
ISHARES IBRX – ÍNDICE BRASIL (IBRX-100) FDO ÍNDICE ISHARES BRAXX BRAX11
ISHARES ÍNDICE CARBONO EFIC. (ICO2) BRASIL-FDO ÍND ISHARES ECOO ECOO11
ISHARES ÍNDICE CARBONO EFIC. (ICO2) BRASIL-FDO ÍND ISHARES SMAL SMAL11
TREND ETF MSCI EUROPA FDO. INV. ÍNDICE – INV. EXT TREND EUROPA EURP11
IT NOW IDIV FUNDO DE ÍNDICE IT NOW IDIV DIVO11
TREND ETF MSCI Mercados Emergentes FDO INV IND EXT TREND EMEG EMEG11

Vale a pena investir em ETF?

Nesse artigo, te apresentamos várias características sobre o ETF. Mas, afinal, vale a pena investir neste fundo? 

Esse fundo de investimento é muito prático e fácil de ser investido, mas é preciso fazer uma boa pesquisa para escolher a aplicação ideal para você. Pois caso você escolha um ETF com ações em queda, a rentabilidade também acaba sendo comprometida. Além disso, é preciso ficar atento à movimentação do dólar, dos juros e da inflação

Ou seja, antes de investir no ETF, é indicado que você faça uma análise no mercado e veja se realmente é uma boa opção investir no fundo ao invés das ações separadas.

Descomplicamos?

Esperamos que você tenha gostado de conhece esse tipo de investimento, caso tenha restado alguma dúvida sobre este assunto, você pode enviar sua pergunta aqui embaixo. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça as principais corretoras de valores para 2022

É possível viver de rendimentos com R$ 1 milhão?

Selic: quais são os melhores investimentos de acordo com a taxa básica de juros?

ETF: saiba tudo sobre esse tipo de investimento

Saiba onde você pode investir e ganhar 200% do CDI

Quais são os melhores investimentos para 2022?

Poupança: por que investir nela não é uma boa opção?

Tudo o que você precisa saber sobre como investir em ações