Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

FGTS poderá ser utilizado para compra de casa popular em 2023

Por Nara LimaPublicado em

Trabalhadores poderão utilizar os depósitos futuros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS),  a partir de fevereiro de 2023, para comprar casas próprias populares no Programa Casa Verde e Amarela.

A modalidade já está autorizada e em vigor, mas ainda irá demorar alguns meses para chegar a todos. Isso porque foi estabelecido um prazo de 120 para que as instituições financeiras se adaptem à nova regra de contratação. Confira detalhes a seguir.

Quem poderá utilizar os depósitos futuros do FGTS?

Segundo o Governo Federal, a medida tem como intuito repassar os imóveis que estão esquecidos no programa Casa Verde e Amarela. No entanto, não são todos os trabalhadores que poderão utilizar os depósitos futuros do FGTS para compra de um imóvel, apenas famílias que possuem renda bruta mensal de até R$ 4.400 estarão aptas a recorrer ao novo método.

A modalidade é uma espécie de empréstimo consignado do FGTS, porém, nesse caso, o dinheiro depositado mensalmente é descontado para o pagamento das prestações em vez de ir direto para a conta do trabalhador.

O Ministério do Desenvolvimento Regional, responsável pelo Programa Casa Verde e Amarela, apresentou um exemplo de como a nova medida irá funcionar na prática.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Até o momento, a nova medida irá funcionar da seguinte maneira na prática: se o solicitante tem uma renda mensal de R$ 2 mil, ele poderá financiar um imóvel com prestação de até R$ 600.

Logo, ao incluir os depósitos futuros do FGTS no pagamento das prestações, uma quantidade maior de famílias poderá acessar o programa habitacional.

Quais os riscos do uso do FGTS?

Como nem tudo são flores, esse tipo de operação não está isenta de riscos. Isso porque em vez de acumular o saldo no FGTS e utilizar o dinheiro para amortizar ou quitar a dívida do financiamento, depósitos futuros do trabalhador serão bloqueados.

Caso o trabalhador perca o emprego, a dívida permanecerá ativa e contará com acrescimentos que deixarão as parcelas mais caras. Se isso acontecer e ele ficar muitos meses sem realizar os pagamentos, corre o risco do indivíduo ter a casa tomada e ainda ficar sem o FGTS.

De acordo com Ministério do Desenvolvimento Regional, os bancos serão os responsáveis por assumir o risco dessa operação.

E aí, gostou da novidade?

Consulte seu score de crédito para receber indicações personalizadas de produtos e serviços financeiros:

Consulte seu CPF grátis e receba as melhores ofertas!

Mais de 300 opções entre cartões de crédito, contas e empréstimos.

Consultar CPF grátis
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Inter oferece 12% de cashback nas compras feitas na Amazon

Banco do Brasil lança financiamento de iPhone em até 60X

Caixa reduz parcelas de financiamento durante licença maternidade

FGTS poderá ser utilizado para compra de casa popular em 2023

Foregon marca presença no StartupON compondo time de empreendedores da região Oeste do Estado de São Paulo

Ganhe 4% de investback com o cartão XP para abastecer seu veículo

Auxílio Brasil cancelado: conheça os principais motivos

Distrito e Foregon promovem um seminário gratuito sobre Educação Financeira para negócios