ganhar-mais-pode-nao-resolver

As contas chegam e o mês nem começou direito, o dinheiro então, quase no fim! Você vive esse “terror” todo mês? Se você clama por um aumento no salário, esse texto pode te mostrar que ganhar mais pode não ser a saída esperada.

Claro que um aumento é bom, pode ajudar muito. Mas, veja que seus problemas de “sufoco” podem continuar, mesmo com dinheiro a mais na conta.

Gastar mais do que ganhamos e fazer novas dívidas se tornou comum nas famílias brasileiras. Seguindo algumas dicas, você vai ver que um planejamento pode ser bem legal para você aproveitar um eventual aumento de salário.

Porque ganhar mais, pode não ser a saída

Pense no seu sonho, como viajar, comprar um carro ou mesmo sair do endividamento. Como você faz para alcançar esse objetivo?

Se você ainda se confunde na resposta, pode ser que você ainda não saiba como construir metas.

As metas servem basicamente para você não se perder no caminho e saber se está indo bem ou precisa de alguns ajustes. Tudo para chegar bem ao seu objetivo principal.

Antes de tudo, é preciso que você conheça muito bem a sua vida financeira, como o que você ganha, seus gastos mensais, aquilo que é essencial e o que você pode deixar de lado.

Quando você conhece seu dinheiro, sabe o que pode ser feito para “esticá-lo” até o fim do mês e quem sabe até render. Ganhar mais sem se “educar” primeiro, pode significar que seus gastos continuem aumentando.

Imagine que você ganhe mais, mas esse valor é utilizado para comprar ainda mais produtos, além de não saber onde ele está sendo utilizado. Por isso, o planejamento é importante para organizar suas finanças e se beneficiar de verdade do dinheiro extra.

Vamos planejar?

Agora é hora de colocar tudo às claras, conhecer sua vida financeira a fundo, somente assim conseguiremos nos organizar e controlar o dinheiro, estando prontos para receber o tão sonhado aumento!

Pegue seus recibos, faturas e contas. Some os ganhos, seus gastos necessários e aqueles que poderiam ser evitados. Assim você tem uma média do que poderá economizar nos próximos meses.

Analise suas contas, será que é possível economizar nas contas de água e luz, por exemplo? Essa é uma dica muito útil, chame a família e coloque essa meta de economizar.

A fatura do cartão de crédito pode dar um norte bem grande, já que ela detalha todas as compras feitas. Mais uma vez é hora de conferir se rola aquela economia na padaria, supermercado ou mesmo no combustível.

Na fatura você também encontra possíveis gastos “supérfluos” que podem ser cortados já no próximo mês. É importante lembrar que essa é uma reeducação, e que é preciso apertar um pouco mais no começo, para que daqui um tempo haja espaço para gastos com lazer, por exemplo.

Pense que você vai começar uma dieta, mas que dessa vez quem tem que emagrecer é seu orçamento, então, colocar ele para malhar!

Sobra algum dinheiro no fim do mês? Você pode investir e ter um fundo legal daqui uns anos. Escolha por exemplo o Tesouro Direto ou mesmo a poupança.

Como diminuir seus gastos

Quase tudo planejado, é hora de eliminar gastos que não ajudam em nada e não servem como investimento. Veja nossas dicas:

  • Comparar preços

Compare em vários lugares antes de fechar uma compra, nunca opte pela pressa de ter, mas pela qualidade e preço baixo. A internet é uma ótima aliada nessa tarefa, já que você nem precisa sair de casa para ter o preço de um mesmo produto em diversas lojas.

Comparar serve para tudo mesmo, até na hora de fechar um empréstimo ou solicitar um cartão de crédito, escolha o melhor para você e não qual o banco “empurra”.

  • Resista a tentação

A promoção parece imperdível, mas imperdível mesmo é deixar seu orçamento no verde e poder usufruir do seu dinheiro. Faça um esforço, só compre se não tem como ficar sem o produto.

  • Cartão de crédito

Use seu cartão de crédito como controle e não como um vilão. Parcelar e comprar sem ter que pagar agora dá uma falsa sensação de dinheiro, mas não se engane, a fatura pode virar uma bola de neve.

A nossa dica é sempre escolher um cartão que combine com você, ou seja, que não cobre taxas que não cabem no seu bolso. Que tal usar um cartão sem ter que pagar nada a mais para fazer suas compras? Descubra aqui.

  • Pagar à vista

A maioria das lojas dão descontos em compras à vista, o que faz você economizar na maioria das suas compras. Isso evita que você parcele e comprometa os próximos meses.

  • Metas

Para alcançar seu objetivo, como dissemos, é necessário colocar metas. Você pode colocar como meta por exemplo, economizar um valor num mês e nos próximos aumentar essa meta.

As metas nos desafiam, por isso quando lutamos para alcançar metas e não objetivos diretamente, a garantia do sucesso é maior, justamente por saber qual caminho estamos buscando para isso.

Organize sua renda

Depois de planejar, é hora de organizar a sua renda, mais uma dica para dar um caminho a sua meta de economizar e não se perder com gastos desnecessários.

A nossa dica é da regra 50-15-35, que, basicamente, busca determinar um limite para cada gasto mensal, dividindo-o em três. Aprenda:

Gastos essenciais

Separe 50% de sua renda, ou seja, metade dela para os gastos essenciais, que envolvem moradia, educação, transporte, alimentação, saúde, entre outros gastos básicos, mas que são importantes para se manter durante o mês.

Prioridades financeiras

Para as prioridades financeiras, separe 15% de tudo o que você ganha. Esse dinheiro deve ser usado para saldar dívidas. Se você não tem dívidas (eita coisa boa), invista esse dinheiro ou separe para fundos de emergência.

Algumas vezes, dívidas podem determinar que seja usado mais de 15% do orçamento, o que pode modificar o plano, como usar o dinheiro do estilo de vida, o próximo tópico.

Estilo de vida

35% de sua renda pode ser usada com lazer, diversão, restaurantes, academia, salão de beleza, enfim, tudo aquilo que possa ser uma diversão para você e sua família.

O estilo de vida deve ser usado somente quando as prioridades financeiras forem alcançadas. Ou seja, se não conseguir saldar as dívidas, use esse dinheiro para pagá-las.

Hora de decolar!

Olha quanta coisa precisa ser mudada antes de ganhar aquele aumento de salário. Como você deve ter percebido, dinheiro a mais não é sinônimo de solução. Primeiro, quem deve passar por mudanças é você!

Assim, você consegue aproveitar o dinheiro a mais e não fazer mais dívidas com ele e acabar enrolado mais uma vez.

Que tal começar um planejamento financeiro e ver os próximos anos com mais comodidade e conseguindo pagar as contas? Essa é a hora de decolar!

Esperamos que você alcance seus objetivos, aliás, quais são eles? Conta aqui nos comentários para nós, e se restar alguma dúvida, a gente tenta resolver! Te espero na próxima,

Leonardo Jacomini da Foregon.

Este conteúdo foi útil para voce? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 voto(s), média: 3,50)
Loading...