Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Governo de SP vai distribuir cartões alimentação para famílias em situação de vulnerabilidade

Por Thais SouzaPublicado em

No dia 5 de maio, o governador do estado de São Paulo, em parceria com a Associação Paulista de Supermercados (Apas), anunciou que o estado vai distribuir 50 mil cartões alimentação para famílias que apresentam maior vulnerabilidade social, de acordo com o Cadastro Único (CadÚnico) de benefícios sociais.

Governo de SP vai distribuir cartões alimentação para famílias

O cartão alimentação se chamará Superessencial e, segundo o governo do estado, serão distribuídos cerca de 50 mil unidades para as famílias em estado de vulnerabilidade. Os cartões terão saldo de R$ 100 e poderão ser utilizados para a compra de alimentos, frutas, legumes e verduras nos supermercados de todo o estado de São Paulo.

De acordo com o governador João Dória, a nova medida garante um aporte de R$ 1 milhão do setor privado no programa de segurança alimentar da população vulnerável do estado durante a pandemia da Covid-19.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"A ação conjunta dos supermercadistas com o governo do estado tem contribuído na mitigação dos efeitos sociais da pandemia, especialmente para os mais fragilizados", comenta a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes.

O pagamentos nos cartões Superessencial será realizado integralmente por um comitê empresarial privado e não terá nenhuma verba do estado.

"Nós avaliamos que a entrega desses valores direto às famílias dá mais dignidade e poder de escolha para as mães chefes de família e também possibilita que elas comprem itens que não são contemplados nas cestas básicas, como alimentos frescos como verduras, legumes e frutas", completa a secretária.

Critérios para recebimento do cartão alimentação

As famílias que serão contempladas com o cartão Superessencial serão avaliadas de acordo com o grau de maior vulnerabilidade social, de modo complementar às ações públicas em trâmite no estado. Essa seleção será feita através dos dados do Cadastro Único, ferramenta usada pelo governo de São Paulo, pelas prefeituras e também pelo governo federal.

O governo pretende distribuir dez mil cartões alimentação na primeira leva, destinado às famílias mais pobres dos 645 municípios do estado. A conclusão da entrega dos 50 mil cartões ainda não tem data prevista, mas a ideia é ampliar o programa para mais pessoas assim que novas doações sejam feitas pela iniciativa privada.

Leia também

No blog da Foregon você fica por dentro de todas as notícias sobre o universo financeiro e os benefícios oferecidos pelo governo durante a pandemia. Aproveite e leia também:

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Netflix altera preço da assinatura: confira os novos valores

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais

Reforma Tributária: vale-refeição e vale-alimentação estão em risco?

Alto Tietê reúne mais de 480 vagas de emprego; confira