Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Icatu Seguros oferece telemedicina gratuitamente a segurados

Por Camila SilveiraPublicado em

Devido à pandemia da Covid-19, a Icatu Seguros, maior seguradora independente do país em seguros de vida, previdência e capitalização está oferecendo mais benefícios aos seus clientes.

Até o dia 31 de dezembro deste ano, as pessoas que têm seguro de vida e plano de previdência privada com a empresa poderá usar o serviço de telemedicina de forma gratuita.

Como isso funcionará?

Quem precisar de ajudas e orientações, poderá obtê-las com a empresa por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Ao realizar o primeiro contato com a seguradora, um link da plataforma de telemedicina será gerado para o fluxo de atendimento de saúde e agendamento de teleconsulta, quando for necessário.

Os segurados terão acesso ao serviço diariamente, a qualquer momento. Cabe ressaltar que o cônjuge e filhos dos clientes que já possuem ou vieram contratar um seguro e um plano de previdência com a seguradora também podem desfrutar desse benefício. O atendimento é realizado por médicos credenciados em todo o país.

"Pela natureza do nosso negócio, precisamos nos adaptar às necessidades deste momento. Por isso, decidimos oferecer mais tranquilidade e conforto ao cliente, que poderá contar com um atendimento médico de qualidade de forma remota", explica Luciana Bastos, diretora de desenvolvimento de produtos de vida da Icatu Seguros.

A seguradora é responsável por disponibilizar seguros de vida, previdência privada e capitalização para mais de 56 mil empresas e 6,5 milhões de clientes em todo o território nacional.

Além disso, gere uma carteira de R$ 59 bilhões, mais de 20 mil corretores associados e 270 parceiros comerciais, entre bancos, cooperativas de crédito, lojas varejistas e distribuidores.

Telemedicina na pandemia da Covid-19

Em março deste ano, o governo federal aprovou a lei que autoriza o uso da telemedicina em situações emergenciais durante a pandemia do novo coronavírus. O método é o exercício de medicina mediado por tecnologias para assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde.

Na etapa de teleorientação, o médico deve ajudar à distância e encaminhar os pacientes ao isolamento. Já no telemonitoramento, o doutor controla parâmetros de saúde e de avanço de doenças em pacientes. Na teleinterconsulta, os médicos trocam informações que ajudam no diagnóstico ou tratamento. E, na teleconsulta, o médico realiza uma consulta à distância com o paciente.

A lei prevê que o médico deve atender todos os preceitos éticos de beneficiência, sigilo das informações e autonomia durante a consulta.

Ele também deve informar ao paciente todas as limitações características do uso da telemedicina, tendo em vista a impossibilidade da realização de exame físico durante a consulta.

Além de tudo isso, o médico precisará registrar no prontuário os dados clínicos necessários e integrais para um bom fluxo do caso a cada contato com o paciente.

Tal registro deverá conter identificação e informações do paciente, data, hora, tecnologia usada para atendimento, número do conselho regional profissional e sua unidade de federação.

Os profissionais poderão emitir atestados ou receitas médicas usando a assinatura eletrônica através de certificados e chaves emitidas pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil)

Portanto, assim como os pacientes podem comprar, as farmácias também podem vender medicamentos, pois a receita médica pode ser enviada em formato digital por e-mail ou WhatsApp.

A Icatu Seguros conta com um laboratório de inovação, chamado de Icatu Labs, que usa o modelo mental do design para entender as necessidades dos pacientes e, assim, criar produtos baseados nessas propostas de valor.

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter ajudado você com esse artigo. Qualquer dúvida sobre o assunto, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Saiba o que é seguro e quais tipos existem

O que é o seguro DPVAT? Entenda

Anasc Seguros: conheça todos os detalhes

Icatu Seguros oferece telemedicina gratuitamente a segurados

Conheça a Sabemi Seguradora e todos os seus serviços

Seguro pay per use para automóveis: pague de acordo com o uso do veículo

Seguro auto: os erros mais comuns na hora de contratar

Cotação seguro viagem para os Estados Unidos: tudo o que você precisa saber

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Seguro