Foregon.comConteúdos

Infrações gravíssimas: tudo o que você precisa saber sobre

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as infrações gravíssimas são as que oferecem maiores riscos à segurança do próprio motorista infrator e das demais pessoas que circulam nas vias públicas, como condutores, pedestres e ciclistas. Neste artigo, você conferir quais são as infrações gravíssimas e as penalidades de se cometer uma.

Penalidades das infrações gravíssimas

Ao cometer uma infração gravíssima, o motorista precisará arcar com a multa no valor de R$ 293,47 e terá sete pontos aplicados em sua carteira de habilitação. Essa quantidade representa 1/3 do número máximo de 19 pontos permitidos e é sinônimo da perda da Permissão Para Dirigir (PPD) para os iniciantes.

Além disso, as infrações gravíssimas possuem dois fatores em suas penalidades que diferenciam elas dos demais tipos de infração: o fator multiplicador e o caráter suspensivo (supensão do direito de dirigir) que algumas delas têm. Vamos explicar os detalhes para que você entenda com maior clareza.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Fator multiplicador das infrações gravíssimas

Quando a infração gravíssima possui este fator, o valor normal da multa, que é de R$ 293,47, é multiplicado. Por exemplo: o fator multiplicador de dirigir sob influência de álcool é dez, portanto, quem cometer essa ação precisará pagar a multa de R$ 2.934,70 (o valor padrão deve ser multiplicado por dez).

Infrações gravíssimas suspensivas

Se o condutor receber uma infração gravíssima com 13 pontos na carteira de habilitação no período correspondente a um ano, ele será administrativamente processado pelo órgão e, caso o processo for deferido, terá o seu direito de dirigir suspenso. Isso porque, com a soma dos sete pontos aos 13 que já se encontravam acumulados, a carteira ultrapassará o limite de 19 pontos.

Infrações consideradas gravíssimas

  • Dirigir veículo sem possuir CNH, PPD ou Autorização para Conduzir Ciclomotor (Art. 162, I);
  • Dirigir veículo com a CNH, PPD ou Autorização cassada ou com suspensão do direito de dirigir (Art. 162, II);
  • Dirigir veículo sem utilizar os acessórios obrigatórios, como óculos, aparelho de audição, etc. (Art. 162, VI);
  • Entregar a direção do veículo a pessoa sem CNH ou PPD, com a CNH ou PPD vencida há mais de 30 dias, cassada ou com suspensão do direito de dirigir (Art. 163);
  • Transportar crianças em desacordo com as normas estabelecidas pelo CTB (Art. 168);
  • Dirigir ameaçando os pedestres e os outros veículos (Art. 170);
  • Estacionar o veículo na pista, rodovias e vias de trânsito rápido (Art. 181, V);
  • Estacionar o veículo nas vagas reservadas às pessoas com deficiência ou idosos, sem documento que comprove tal condição (Art. 181, XX);
  • Transitar com veículo na via ou faixa de trânsito exclusiva (Art. 184, III);
  • Deixar de dar passagem a veiculo em serviço de urgência, como polícia, bombeiros, ambulância, etc. (Art. 189);
  • Transitar com veículo em calçadas, ciclovias, canteiros centrais etc. (Art. 193).

Infrações gravíssimas suspensivas

  • Dirigir sob influência de álcool (Art. 165);
  • Dirigir ameaçando pedestres e outros veículos (Art. 170);
  • Disputar rachas/corridas (Art. 173);
  • Utilizar o veículo para demonstrar manobra perigosa (Art. 175);
  • Transitar em velocidade superior a 50% da máxima permitida (Art. 218, III).

Principais infrações gravíssimas com fator multiplicador

  • Dirigir sem CNH: multa multiplicada por três, resultando no valor de R$ 880,41;
  • Entregar direção a pessoa sem CNH: multa multiplicada por cinco, resultando no valor de R$ 1.467,35;
  • Dirigir sob influência de álcool: multa multiplicada por dez, resultando no valor de R$ 2.934,70.

Consulte a tabela completa para conhecer todas as infrações e suas respectivas multas e evite maiores prejuízos no trânsito!

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com este artigo. Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Estudante de Publicidade e Propaganda e Redatora na Foregon. É fascinada por músicas, livros, conversas e procura entender a real necessidade das pessoas para poder solucioná-la através de seu trabalho.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Como funciona o limite do cheque especial?

  • Dicas financeiras

    Como fazer a Carteira de Trabalho?

  • Dicas financeiras

    Concurso público: o que é e como funciona?

  • Dicas financeiras

    25 receitas de Natal econômicas para uma ceia completa

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras