Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

INSS: veja como fazer prova de vida digital pelo celular

Por Thais SouzaPublicado em

A prova de vida do INSS é uma ferramenta utilizada para garantir a segurança e evitar fraudes ou pagamentos indevidos. Porém, com muitas agências bancárias fechadas em decorrência da pandemia, o instituto está permitindo que o processo seja feito de forma digital, através do celular.

Neste artigo você vai conferir como vai funcionar a prova de vida digital do INSS e o passo a passo de como realizar esse processo. Vamos lá? 

Prova de vida digital do INSS

Todos os anos, os segurados do INSS que recebem o benefício previdenciário devem comprovar que estão vivos através da prova de vida.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Esse procedimento é realizado na agência bancária na qual o cidadão recebe o benefício e, para isso, é necessária a apresentação de um documento com foto, bem como a presença do segurado. 

Com o objetivo de facilitar a vida dos beneficiários e evitar aglomerações, o INSS lançou, recentemente, a prova de vida digital, que permite a comprovação através do reconhecimento facial na câmera do seu celular. 

Inicialmente, o procedimento poderá ser feito por 500 mil segurados do INSS que possuem carteira de habilitação e/ou título de eleitor. Os beneficiários que serão comunicados para realizar a prova de vida são aqueles que estão com pendência.

Os convites para fazer a prova de vida digital serão enviados por mensagens no App Meu INSS ou pelo e-mail cadastrado na plataforma gov.br.

Como fazer a prova de vida do INSS pelo celular? 

Além do convite do INSS, para fazer a prova de vida pelo celular é preciso ter uma câmera frontal funcional e o celular deve rodar o Android 5.0 ou o iOS 10.

O primeiro passo a passo deve ser feito dentro do aplicativo Meu INSS e depois, o processo será finalizado no App Meu gov.br. Confira: 

Passo a passo no App Meu INSS 

  1. Baixe o App Meu INSS (Android e iOS);
  2. Faça login na conta com CPF e senha;
  3. Na página inicial, você verá a opção "Prova de vida";
  4. Clique em "Iniciar prova de vida".

Passo a passo no App Meu gov.br

Após terminar o processo no App Meu INSS, você deverá continuar a operação em outro aplicativo, o Meu gov.br. Confira: 

  1. Baixe o App Meu gov.br no seu celular (Android e iOS);
  2. Entre na sia conta gov.br e vá até a opção "Autorizações";
  3. A página seguinte mostrará que a autorização da prova de vida está pendente, então selecione "autorizar";
  4. Informe os dados da sua CNH ou título de eleitor para prosseguir;
  5. Você será redirecionado para a validação facial, então, permita que o App acesse sua câmera;
  6. Abra a câmera frontal no App encaixe o rosto no contorno exibido na tela para tirar uma foto;
  7. O aplicativo exibirá uma mensagem positiva ao concluir a verificação de identidade.

Feito isso, é só voltar no aplicativo Meu INSS para conferir se está tudo certo com a sua prova de vida e se ela foi validada. 

Descomplicamos? 

Deixe seu comentário caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o processo de prova de vida digital. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

5 práticas de gestão financeira para empresas de sucesso

Saiba como remover os dados do cartão de crédito no Google Chrome

5 livros que mudarão sua vida financeira

Criminosos usam novidades do Open Banking para aplicar golpes: como evitar?

Veja como visualizar os números de cartão de crédito salvos no navegador

Tecnologia 5G: veja quando sua cidade terá cobertura

Débito automático Nubank: como cadastrar contas?

Título de capitalização: o que é e como funciona