Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Investimentos prefixados: entenda se eles valem a pena

Por Sabrina VansellaPublicado em

Quanto maior o risco do investimento, mais retorno, certo? Exatamente por este pensamento, muitos investidores estão deixando de lado a baixa rentabilidade da renda fixa e estão buscando novas alternativas.

Atualmente, existem instituições que oferecem tipos de Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) com rendimentos superiores a 10% anual. O Tesouro Prefixado também promete um pagamento maior do que o Tesouro Selic e o Tesouro IPCA, tornando essas opções extremamente tentadoras.

Apesar de parecer uma aplicação sem grandes riscos, o investidor precisa ter atenção a alguns pontos caso pretenda investir nos investimentos com taxas prefixadas.

CDBs

O CDB Prefixado pode ser comprado diretamente de um banco ou por meio de uma corretora, com a taxa de juros já definida previamente, isto promete uma garantia independe da economia do período.

Embora aqueles que apresentam taxas mais atrativas geralmente são emitidos por instituições financeiras iniciantes, que estão em busca de capital e podem não trazer tanta confiança por conta da sua saúde financeira.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Para não correr o risco do banco declarar falência, existe uma instituição nomeada como Fundo Garantidor de Créditos (FGC) que protege seu investimento em até R$ 250 mil por CPF, o que acaba sendo importante para prevenção de um déficit financeiro.

Vale lembrar que mesmo com essa segurança, principalmente se você não está disposto a arriscar, não é indicado usar este valor.

Risco e maior rentabilidade

Quando se trata de taxas prefixadas em comparação com as de renda fixa, é possível perceber sua maior rentabilidade, mesmo com aqueles que seguem a taxa de juros e a inflação. O Tesouro Selic rende 3,5% ao ano, já o IPCA rende aproximadamente 4% acima da inflação. Enquanto isso, alguns CDBs Prefixados chegam a render quase 10% ao ano.

Ao analisar estes dados, a escolha para investimentos prefixados parecem ser vantajosas, mas algumas ocasiões podem fazer você perder dinheiro.

Lembre-se que o Tesouro Prefixado permite o resgate do seu dinheiro a qualquer momento, porém o título acaba sofrendo com a marcação do mercado, o que, em alguns casos, acaba desvalorizando o preço do ativo. E, assim, caso você precise resgatar o título, pode acabar saindo no prejuízo.

Em CDB, a possibilidade de resgate antes do vencimento não existe. Se precisar do dinheiro antes do prazo, não poderá contar com ele, pois ele estará preso.

Inflação

Tome cuidado com a inflação. Não é nada improvável que o Brasil passe por momentos de alta inflação durante o vencimento do seu título, que geralmente é de médio a longo prazo. Ativos prefixados não contam com proteção em relação ao aumento de preços.

Por isso, caso deseja colocar seu dinheiro neste tipo de investimento, coloque apenas uma pequena parte do seu patrimônio.

Os investimentos prefixados valem a pena sim, mas merecem atenção nos pontos apresentados.

Informamos?

Se gostou deste conteúdo, não esqueça de clicar no "like". Até breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

3 investimentos de renda fixa para ganhar dinheiro com a alta da Selic

O que são criptomoedas?

Quanto rende 1 milhão na poupança? É uma boa opção?

Previdência privada: como funciona e como investir?

Qual é o futuro das criptomoedas e do metaverso? Saiba mais

Taxa DI hoje: entenda como descobrir e fazer a consulta

Juros da Poupança: saiba qual o rendimento hoje!

Como investir em Fundos Imobiliários?