Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Investir em tempos de crise: melhores aplicações para 2020

Por Thais SouzaPublicado em

O ano de 2020, sem dúvidas, foi um dos que mais causou insegurança para os investidores. Isso porque, em momentos de crise, a economia é diretamente afetada. Mas, sabia que dá para investir nas melhores aplicações e ter rentabilidade mesmo em cenários de incertezas?

Tudo isso vai depender de um bom planejamento e da escolha de aplicações seguras. Quer saber mais? Então continue com a gente. 

Como investir em crise? Conheça dicas e estratégias

1. Invista em aplicações que possuam garantia FGC

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) é uma instituição privada que garante a recuperação de até R$ 250 em depósitos ou investimentos nas instituições financeiras em caso de falência, intervenção ou liquidação.

Ou seja, ao investir em uma aplicação que tenha a cobertura do FGC, você não corre o risco de perder seu dinheiro caso a instituição venha a falir, por exemplo. 

2. Prefira Renda Fixa

As aplicações em Renda Fixa são as mais seguras do mercado. Mesmo que a rentabilidade seja menor do que investimentos em Renda Variável, em momento como o que vivemos, a segurança se torna mais importante que a rentabilidade. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

3. Se for investir em ações escolha empresas sólidas 

Investir em ações significa que uma pessoa se tornou sócia de uma empresa de capital aberto ao comprar uma porcentagem da companhia em ações

No mês de março de 2020, o Ibovespa, índice da B3 para vários investimentos, chegou a uma desvalorização de 35%. Consequentemente maior parte das ações de empresas também se desvalorizaram.

Por isso, antes de investir em ações de determinada empresa é fundamental que você pesquise muito sobre ela e verifique se ela possui os seguintes fatores:

  • Baixos índices de endividamento;
  • Resultados consistentes ao longo de sua história;
  • Boas perspectivas para o futuro.

4. Não faça investimentos grandes 

Um momento complicado na saúde e economia não é o ideal para realizar grandes investimentos. Por isso, o ideal é investir em ativos seguros e que possuam cobertura do FGC. 

Mesmo com a segurança do FGC, é fundamental evitar investimentos acima de R$ 250 mil, pois é o valor máximo coberto pela entidade. Caso você ultrapasse esse valor e tenha algum problema com o banco, você pode perderá todo o valor que ultrapassar. 

Melhores aplicações para investir em 2020

Em momentos de crise, as melhores aplicações são em Renda Fixa. Esses ativos oferecem maior segurança aos investidores já que, na maioria das vezes, é possível saber uma média de quanto o seu dinheiro vai render no final. 

Mas, com uma boa estratégia você consegue investir em várias aplicações com segurança, inclusive de Renda Variável. Por isso, separamos essa lista com as melhores aplicações para 2020 de acordo com o perfil de cada investidor

Melhores aplicações para perfil conservador

O investidor conservador é aquele que se preocupa mais com a segurança do que com a rentabilidade. Ele busca mais previsibilidade em suas aplicações e, por isso, investe em Renda Fixa.

Melhores aplicações para perfil moderado

Os investidores de perfil moderado estão no meio termo. Eles se preocupam com a segurança mas, a rentabilidade também é muito importante. Por isso, as melhores aplicações para este perfil em 2020 são: 

  • CDB;
  • Fundo de renda fixa;
  • Fundos Imobiliários.
  • Investimentos no exterior; 
  • Previdência privada.

Melhores aplicações para perfil arrojado

Os investidores do perfil arrojado são mais propensos a correr riscos. Eles preferem ter maior rentabilidade do que segurança e, por isso, aplicam em investimentos com alta volatilidade‎.

Últimas considerações 

A economia brasileira passa por incertezas e atingiu uma outra perspectiva neste ano com todos os acontecimentos dos últimos meses. 

Por isso, antes de investir, é importante conhecer os seus objetivos financeiros, prazos e tolerância aos riscos.

Procure acompanhar as notícias e sempre verificar como anda a reputação de cada aplicação no mercado. Escolher o banco ou instituição financeira na qual vai aplicar o seu dinheiro também é algo que se deve fazer com muita cautela e planejamento

Ao tomar esses cuidados e escolher a melhor aplicação para o seu perfil de investidor e objetivos financeiros você pode sim ver o seu dinheiro render com muita segurança e rentabilidade.

Deixe seu comentário se ficou com alguma dúvida e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

14º salário: entenda como funciona e quem tem direito ao benefício

Auxílio Brasil: como saber se você tem direito ao benefício?

Tudo o que já se sabe sobre o Auxílio Brasil

Auxílio Emergencial: 627 mil pessoas são notificadas para devolver o benefício

Auxílio Emergencial: pagamento liberado para nascidos em abril

Auxílio Emergencial: 650 mil pessoas terão de devolver o benefício

Confira o calendário das novas parcelas do Auxílio Emergencial até outubro

Auxílio Emergencial: saque liberado para trabalhadores nascidos em outubro