Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

IOF: imposto sobre o uso do cartão de crédito no exterior será zerado

Por Thais SouzaPublicado em

Uma boa notícias para os viajantes! O governo federal lançou recentemente um decreto que pretende zerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que incide sobre compras internacionais realizadas com o cartão de crédito. Continue a leitura e saiba os detalhes.

Imposto sobre o uso do cartão de crédito no exterior será zerado

Atualmente, quem faz uma compra internacional em moeda estrangeira com cartão de crédito paga um imposto de 6,38% sobre o valor gasto. Porém, essa cobrança será reduzida gradualmente até ser zerada.

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que vai reduzir o IOF, Imposto sobre Operações Financeiras, que incide sobre o câmbio, a zero até 2028.

A mudança acontecerá da seguinte maneira: o IOF sobre essas operações terá uma redução de 1% ao ano, a partir de 2023. Essas reduções graduais serão feitas até 2027 e em 2028 o imposto será completamente zerado para compras internacionais com cartão de crédito. Veja o cronograma que consta no Decreto:

  • 2023: 6,38% para 5,38%;
  • 2024: 5,38% para 4,38%;
  • 2025: 4,38% para 3,38%;
  • 2026: 3,38% para 2,38%;
  • 2027: 2,38% para 1,38%;
  • 2028: 1,38% para zero.

A decisão faz parte dos compromissos assumidos pelo Brasil para que o país possa fazer parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne países com as economias mais avançadas do mundo.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Além do IOF no cartão de crédito, os empréstimos de curto prazo (até 180 dias) realizados no exterior também terão imposto zerado ainda neste ano. Até então, essas operações eram taxadas em 6%.

Já o IOF para demais operações financeiras realizadas no Brasil, como empréstimos e financiamentos, que têm incidência de 0,38% do imposto também será zerado, porém, a previsão para que isto aconteça é apenas em 2029.

De acordo com o Ministério da Economia, a redução do imposto resultará na diminuição da carga tributária em 1 bilhão e 400 milhões de reais até 2025, e assim progressivamente até o ano de 2029.

Informamos?

É importante saber que além do cartão de crédito, existem outros meios vantajosos para realizar suas compras no exterior enquanto o IOF do cartão de crédito ainda não diminuir. Confira o artigo que separamos para você e conheça!

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros

Saque extraordinário do FGTS: nascidos em fevereiro poderão sacar R$ 1 mil a partir do dia 30