Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Laudo cautelar: o que é e para que serve

Por Camila SilveiraPublicado em

É claro que muitas pessoas têm o sonho de comprar um carro zero quilômetro, porém tudo fica mais difícil quando o preço é muito alto, devido a quantidade de impostos atribuídos em um produto. Portanto, quem não consegue pagar um valor muito caro, opta por comprar um veículo usado e é nesse momento que é importante realizar pesquisas e saber o que é o laudo cautelar.

O que significa o termo laudo cautelar?

É muito simples: laudo cautelar é uma análise completa do automóvel, que pode ser realizada tanto por um engenheiro ou técnico habilitado que possua registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA ), quanto por uma empresa especializada no assunto.

Como é feito o laudo cautelar?

Esse procedimento tem a finalidade de avaliar minuciosamente as condições reais do veículo, como as partes documental, estrutural e mecânica e é super indicado para as pessoas que estão negociando um carro usado.

É válido lembrar que essa vistoria não é obrigatória, mas pode trazer muitas vantagens no momento de compra ou venda do produto.

O que é avaliado no laudo cautelar?

  • O documento do carro;
  • Eventuais pendências judiciais envolvendo o proprietário;
  • Históricos de roubos, furtos, colisões e até débitos de IPVA;
  • Parte estrutural, elétrica e mecânica, como alinhamento, amortecedores, chassi, motor, freio, pneus, entre outros;
  • Quilometragem e durabilidade do motor;
  • Alterações na pintura ou estrutura (como o rebaixamento do veículo);
  • Passagem por recall.

Entenda o que é a vistoria ou perícia de transferência

Como já citado anteriormente, o laudo cautelar não é obrigatório, entretanto, existe uma segunda análise regulamentada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB ) e realizada pelo Detran, também chamada de vistoria ou perícia de transferência, que é necessária sempre que houver a transferência de propriedade de um automóvel.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Ela é necessária para a regularização de um ou mais documentos do automóvel e até mesmo se o dono do veículo mudar de endereço.

Qual é a necessidade de realizar as duas perícias?

Talvez você esteja se perguntando: por que é necessário realizar o laudo cautelar, se obrigatoriamente eu vou precisar fazer a vistoria de transferência? E nós vamos responder o porquê.

O laudo cautelar tem o propósito de avaliar as condições do veículo, enquanto a vistoria de transferência analisa seriamente os documentos e a legalidade da negociação de compra e venda, se for o caso.

Portanto, providenciar as duas análises evita maiores problemas e atrasos em relação ao veículo, pois se alguma adversidade for encontrada na primeira vistoria, a segunda terá tempo hábil para corrigi-la, evitando assim, qualquer tipo de pendência legal.

Vantagens em fazer o laudo cautelar

  • Melhor definição de preço de venda;
  • Mais facilidade para vender o veículo;
  • Segurança na hora da compra;
  • Prevenção de acidentes;
  • Prevenção de problemas legais;
  • Mais facilidade na contratação de um seguro auto.

Conteúdos relacionados

Esperamos ter descomplicado. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Cheque especial Santander: conheça e saiba como contratar

Onde vender moedas antigas: entenda como encontrar compradores

Estorno de débito: confira o passo a passo de como fazer

Como desbloquear o cartão Bolsa do Povo: descubra agora

Boleto não registrado: o que isso significa?

Como consultar e tirar segunda via de conta light

Como cancelar o Saque Aniversário mesmo após ter feito adesão

Qual é o CNPJ do Banco do Brasil?