Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Licença paternidade: saiba quantos dias o pai pode ficar afastado

Por Thais SouzaPublicado em

A família vai aumentar e você está buscando entender quantos dias poderá ficar afastado do trabalho para acompanhar de perto os primeiros momentos do seu bebê? Saiba que a licença paternidade é um direito seu e ele está garantido na legislação.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura do artigo, pois explicaremos todos os detalhes para você. 

Licença paternidade: um direito do trabalhador

A licença paternidade é um direito garantido ao trabalhador, registrado em carteira, previsto no artigo 7º, XIX, da Constituição.

Ela dá o direito ao pai de acompanhar de perto os primeiros momentos do seu filho recém nascido, dar apoio familiar, cuidados gerais e descanso – tudo isso sem contabilizar como falta no trabalho ou acarretar prejuízos no salário. 

Quantos dias o pai pode ter de licença paternidade? 

Diferentemente da licença maternidade, que dá o direito a até seis meses de afastamento, a licença paternidade tem um período bem menor. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Antes, a licença paternidade concedia o direito ao trabalhador de apenas um dia de folga, para a realização do registro da criança. 

Atualmente, segundo as regras da CLT, o pai tem direito a entrar de licença paternidade um dia após o nascimento da criança e duração é de até cinco dias.

Programa Empresa Cidadã

Desde 2008, o programa Empresa Cidadã, criado pelo governo, propõe a extensão do prazo de licença paternidade de cinco para vinte dias. Porém, o benefício só é concedido aos colaboradores que fazem parte de empresas que aderiram ao programa. 

Por isso, na hora que for solicitar o benefício, verifique se sua empresa é adepta ao programa Empresa Cidadã. 

Enfim, gostou do artigo? 

Não deixe de seguir a Foregon no canal do Youtube e também nas redes sociais, Facebook e Instagram, para ficar por dentro das notícias e novidades em primeira mão. 

Deixe seu comentário caso tenha ficado com alguma dúvida. Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Plataforma de crédito em cloud: o que é e como funciona?

6 dicas para identificar se o boleto bancário é falso

Minhas Finanças: entenda como organizar a vida financeira no aplicativo

É possível pagar multas com cartão de crédito?

Banco BV financiamentos

Conheça 7 impostos que você paga e nem sabe

Samsung Rewards: saiba tudo sobre esse programa de recompensas

Semana do score de crédito: um evento online e gratuito da Foregon