Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mais da metade de contribuintes ainda não declararam o Imposto de Renda 2021

Por Thais SouzaPublicado em

Falta menos de um mês para o fim do prazo da declaração do Imposto de Renda 2021 e mais da metade dos contribuintes ainda não entregaram suas declarações. As informações são do mais recente balanço realizado pela Receita Federal. 

Mais da metade de contribuintes ainda não declararam o Imposto de Renda

Mesmo com a decisão do governo federal de estender o prazo para a declaração do Imposto de Renda 2021, menos da metade das pessoas já entregaram, sendo que o esperado para este ano é de 32,6 milhões de declarações. 

Todos os brasileiros que tiveram rendimentos em 2020 superiores ao teto estabelecido pela Receita Federal, R$28.559,70, devem entregar a declaração do Imposto de Renda 2021.

Inicialmente o prazo de entrega era até o dia 30 de abril e, por conta do estado de calamidade pública causado pelo Covid-19, o governo federal estendeu o prazo até o dia 31 de maio. Quem perder o prazo deve pagar uma multa de 1% do valor do imposto devido por mês de atraso, limitado a 20% do imposto total, ou R$ 165.74, prevalecendo o maior valor.

Já os contribuintes que não realizarem a declaração do IR podem acabar ficando com a situação cadastral do CPF comprometida, impedindo que essa pessoa consiga empréstimos, preste concursos públicos, tire passaportes, dentre outras situações. 

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Quem entrega a declaração antes pode receber a restituição mais cedo

Os contribuintes que entregam a declaração do Imposto de Renda mais próximo do início do prazo têm mais chances de receber a restituição mais cedo, já que os pagamentos obedecem uma fila de entrega, ou seja, quem entrega antes, recebe primeiro, caso tenha direito. 

A Receita Federal reduziu de sete para cinco o número de lotes da restituição do IR. Confira abaixo o calendário de pagamentos:

  • 1º lote: 31 de maio;
  • 2º lote: 30 de junho;
  • 3º lote: 30 de julho;
  • 4º lote: 31 de agosto;
  • 5º lote: 30 de setembro.

Leia também 

No blog da Foregon você encontra esses e outros conteúdos relacionados ao Imposto de Renda. Aproveite e leia também: 

Deixe seu comentário caso tenha ficado com alguma dúvida e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Score Serasa: pagar contas em dia terá peso ainda maior para aumento da pontuação

Cartão Visa Infinite: conheça a novidade do Banco do Nordeste

Cartão de crédito Caixa Econômica: saiba como manter anuidade grátis

Fintech Magalu: conheça os novos produtos e serviços financeiros

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões