Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mais da metade dos brasileiros acumulam dívidas; o número é o mais alto dos últimos 11 anos

Por Sala De ImprensaPublicado em

O desejo por quitar as dívidas, limpar o nome e voltar a ter crédito no mercado está na lista de mais da metade dos brasileiros. No início deste ano o país registrou 66,5% de pessoas endividadas, 1,2 ponto percentual a mais do que o registrado em dezembro de 2020, segundo dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

E se por um lado existem desejos, do outro existem promessas. No ano passado, vítimas que tinham interesse em elevar a pontuação no "cadastro de bons pagadores" levaram ao conhecimento da polícia uma nova modalidade de golpe.

A fraude com a promessa de aumentar o score permitindo aumentar a chance de conseguir crédito novamente, foi anunciada em classificados de jornais e perfis falsos em redes sociais, o que levou vítimas a procurarem a delegacia. A polícia não tem registrado a quantidade desse tipo de crime, porém costuma ser tipificado como estelionato. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O score é uma pontuação usada pelos bancos e instituições financeiras. Por meio dessa ferramenta, é possível enxergar qual é o tipo de relação entre o futuro consumidor com o dinheiro. A pontuação varia entre 0 à 1000. Quanto maior for o número, mais chances a pessoa tem de conseguir crédito e outros produtos financeiros, daí a busca por ações milagrosas que nunca acabam bem.

O portal da Foregon oferece a consulta de CPF de maneira rápida, descomplicada e gratuita. No primeiro trimestre deste ano 6 milhões de pessoas buscaram o portal à procura de informações e consultas de score.

Entretanto, o aumento da pontuação depende exclusivamente do consumidor, ninguém e nenhuma Instituição podem interferir nos dados. Por isso, a Foregon vem investindo em conteúdos financeiros que proporcionam mais segurança na hora de tomar boas decisões.

Seis dicas para aumentar o score de crédito

Pague contas em dia

Evite atrasar suas contas. Ficar atento ao vencimento de suas faturas e boletos é fundamental. Quando você atrasa pagamentos, seu histórico fica sujo e conseguir crédito fica mais difícil.

Pagar sempre em dia ou até adiantado vale a pena, isso é creditado no seu comportamento como consumidor

Tenha contas em seu nome

Talvez você não esteja negativado e mesmo assim não é aprovado quando pede um cartão de crédito ou empréstimo. Isso pode ser consequência de você não ter contas em seu nome, ou seja, não ser reconhecido como um consumidor. Portanto, na hora dos bancos te analisarem financeiramente não encontram informações sobre você. Nem o próprio score pode ser gerado por falta de informações.

Contas bancárias e contas simples, como de telefone, água e luz, podem facilitar que seu score seja gerado e como um bom consumidor, se forem pagas em dia.

Atualize seus dados

É importante sempre atualizar seus dados, tanto em instituições onde você pede crédito, como nos órgãos de proteção ao crédito. Se não tem cadastro nesses sites, você pode se inscrever gratuitamente e atualizar suas informações.

Cuidado com a frequência de pedido de crédito

Você sabia que "atirar para todos os lados" é perigoso para sua vida financeira? Alguns hábitos podem levar seu score abaixo, como pedir vários cartões de crédito, empréstimo ou aumento de limite ao mesmo tempo.

Essa ação funciona como uma proteção para você mesmo. Os sistemas entendem que, pode ser uma pessoa má intencionada usando seu CPF para pedir crédito e para evitar isso, seu score é baixado para que os bancos/instituições não o liberem.

Sua pontuação pode ficar baixa por algum tempo, e caso sua solicitação de crédito seja reprovada, o indicado é esperar cerca de 6 meses para fazer uma nova proposta.

Negocie as dívidas

Se você tem contas em aberto, pode tentar negociá-las com o credor. Para pedir um novo crédito é recomendado estar em dia com as dívidas. Procurar por quem você deve e negociar, já é o começo para aumentar seu score.

Antes de pedir um empréstimo para quitar suas dívidas, negocie! Isso pode resultar em uma redução de juros ou até a isenção de taxas e diminuição do valor devido. Uma conversa em um lugar que você mantém uma boa relação, pode gerar resultados melhores do que você imagina.

As instituições financeiras tendem a recusar os pedidos de quem está endividado. Se não houver a possibilidade de negociar, você pode procurar um empréstimo para regularizar sua situação, uma saída para retirar seu nome dos sites de protesto.

Antes de pedir o crédito, planeje bem e avalie se as parcelas desse empréstimo vão caber no seu bolso, assim você evita que as dívidas aumentem e sua saúde financeira fique ainda mais complicada.

Cadastro Positivo

No Cadastro Positivo são registradas todas as contas que você paga. Luz, água, internet, boletos, etc. Isso ajuda sua pontuação a subir, já que mostra que você é um bom pagador, ainda mais quando pagos em dia.

Informações extras

O que é o Cadastro Positivo?

É um banco de dados com todas suas informações sobre pagamento de dívidas. Lembrando que são informações sobre pagamentos e não detalhamento do que foi adquirido.

Como funciona o Cadastro Positivo?

Você deve primeiro, abrir seu Cadastro Positivo. Ele pode ser feito em bancos que você tem relacionamento ou pelo site de órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SCPC Boa Vista e SPC.

Assim que você paga uma conta, essa informação vai para esse "banco de dados" e pode ser acessada pelos bancos ou financeiras na hora da análise de crédito. Algumas dessas contas que entram no Cadastro Positivo são:

  • Contas pagas;
  • Compras com cartões;
  • Financiamentos;
  • Empréstimos.

Essas informações das suas contas pagas, ajudam seu score aumentar. Se você é bom pagador, mas não possui contas em seu nome, não há informações suficientes para atribuir uma pontuação.

Ou se você já tem uma boa pontuação, o Cadastro Positivo ajuda a manter seu score e melhora suas chances de aprovação de crédito, já que os bancos têm acesso a informação de que você paga suas contas em dia

Você vai precisar:

  • Enviar uma foto recente do seu rosto;
  • Imagem de um documento válido com foto que tenha o número do CPF;
  • Preencher dados como, endereço e telefone.
Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sala De Imprensa

Sejam bem-vindos à nossa sala de imprensa! Acreditamos que estabelecer relacionamento com a imprensa e com a comunidade é um dos bons caminhos da comunicação. O que podemos escrever juntos? Quando quiser falar com a gente, é só enviar um e-mail para: imprensa@foregon.com Assessora de Imprensa: Maristela Coimbra

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Dinheiro físico: conheça seus mitos e verdades

Entenda o que é IPCA e IGP-M e saiba quais as diferenças entre eles

Quanto tempo demora para aumentar o score de crédito?

Banco Central lança ferramenta que faz diagnóstico da saúde financeira do brasileiro; saiba mais

É melhor financiar ou alugar?

Renda ativa e renda passiva: saiba quais são as diferenças entre os dois termos

Tarifas bancárias: o que são?

PIB: guia completo