Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mais de 22 milhões pessoas deixarão de receber o Auxílio Emergencial

Por Thais SouzaPublicado em

No dia 18 de março, o presidente Jair Bolsonaro assinou a Medida Provisória (MP) que libera a nova rodada do Auxílio Emergencial, com intuito de reduzir os impactos da pandemia em trabalhadores informais e famílias sem renda. Porém, nesta nova fase, mais de 22 milhões de pessoas deixarão de receber o benefício. 

Novo Auxílio Emergencial

O Novo Auxílio Emergencial sofreu algumas mudanças em relação ao benefício oferecido no ano passado. Essa nova rodada será paga em quatro parcelas e os valores variam entre R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da situação de cada família.

O benefício começará a ser pago em abril e, de acordo com os novos critérios, serão beneficiadas 45,6 milhões de pessoas e 22,6 milhões deixarão de receber o benefício em 2021.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Em 2020, foram beneficiados quase 68 milhões de desempregados e informais. Essa diminuição de pessoas beneficiadas se deu porque o governo vai destinar menos dinheiro para o Auxílio Emergencial em 2021, em comparação com o ano passado.

De acordo com as novas regras, agora há a limitação do pagamento para apenas uma pessoa por família, que receberá mais ou menos de acordo com sua situação. Os valores das parcelas também ficaram menores.

Quem terá direito ao novo Auxílio Emergencial?

O programa não aceitará novos pedidos para recebimento do benefício. Portanto, este ano só receberão as parcelas quem já era beneficiário em 2020 e já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. 

Para receber o novo Auxílio Emergencial você deve se encaixar em alguns critérios. Confira abaixo: 

  • Ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550);
  • Ter recebido o auxílio emergencial em 2020.

O valor do Auxílio Emergencial também será diferente este ano. Quem mora sozinho deverá receber R$ 150, as famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres recebem R$ 250 e, por fim, as famílias chefiadas por mulheres recebem R$ 375.

Como faço para receber o benefício?

O governo vai utilizar o cadastro feito no ano passado para avaliar se o trabalhador atende ao critérios apresentados acima. O calendário de pagamentos será disponibilizado dos próximos dias.

A Caixa Econômica Federal pagará o benefício automaticamente nas poupanças digitais gratuitas abertas pelo banco. Contudo, será necessário atualizar o seu cadastro no Caixa Tem.

Descomplicamos?

Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido todas as suas dúvidas em relação ao pagamento do Auxílio Emergencial em 2021. Se ainda restou alguma, deixe seu comentário abaixo. Até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

PicPay compra 100% do Guiabolso com foco no open banking

Procon-SP: bancos deverão provar segurança dos aplicativos

Netflix altera preço da assinatura: confira os novos valores

Junção de Open Banking com Pix: tudo o que você precisa saber

Oportunidade: WTK Agro oferece 400 vagas de emprego

banQi pode liberar empréstimo pessoal para negativados e desbancarizados; entenda

Por que o Brasil sofre um aumento no preço do combustível?

Banco Bradesco eleva taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba mais