Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mais de 3 milhões de empresas foram abertas em 2020, diz Serasa

Por Camila SilveiraPublicado em

Por incrível que pareça, no ano de 2020 foram abertas mais de três milhões de novas empresas, de acordo com uma pesquisa realizada pela Serasa Experian.

Esse marco representa um crescimento de 8,7% quando comparado com o ano de 2019, sendo o maior número desde 2011, início da série histórica da Serasa.

A grande maioria das novas empresas (79%) são Microempreendedores Individuais, totalizando a abertura de 2,7 milhões de MEIs.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"O alto número de MEIs é um dos fatores que comprova o empreendedorismo por necessidade, já que durante quase um ano de pandemia muitas pessoas que perderam seus empregos optaram por abrir um CNPJ [Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica] e trabalhar com aquilo que já sabiam fazer ou em segmentos com baixo custo de aprendizagem", afirma o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi. (Informações retiradas do InfoMoney).

Segmentos e adaptação das empresas

O ramo de alimentação representou 9,7% do total de empresas abertas, representando o segmento com maior número de novos empreendimentos. Em seguida, aparece o setor de confecções com 6,2% do total e, por último, o de reparos e manutenção, com 6,1%.

De acordo com o economista, esses dados apresentam uma adaptação dos empreendedores à nova realidade causada pela pandemia da Covid-19. O setor de alimentação, por exemplo, oferece produtos essenciais e possibilitam a abertura de negócios de baixo investimento.

"Agora, quando falamos em confecção, o segundo ramo no ranking de abertura de novas empresas em 2020, fica claro que a produção das máscaras de proteção contra a covid-19 impactou o índice", acrescenta Rabi.

A região que teve o maior crescimento na abertura de novos empreendimentos foi a Região Norte, com 20,9% de aumento em relação ao ano de 2019, totalizando 174,5 mil novas empresas. No Centro-Oeste, o crescimento ficou em 13,3% e no Sul em 11,5%.

Gostou do conteúdo?

Esperamos que sim. Qualquer dúvida ou sugestão, basta deixar o seu comentário para nós. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Marketing digital: House Academy lança curso gratuito

Aneel suspende corte de luz de famílias de baixa renda até setembro; entenda

Zoom: compre produtos na plataforma e ganhe até 7% de cashback

Banco digital: Volkswagen conta com nova modalidade voltada a caminhoneiros

Banco Central pretende lançar sistema que facilita devolução de dinheiro

INSS: prova de vida volta a ser obrigatória; confira os prazos

Confira 21 opções de sites de emprego para quem está em busca de uma vaga

Crédito: Serasa muda cálculo do score; confira como fica