Você já pensou em fazer um empréstimo consignado? Se sim, vale a pena saber que o valor liberado pelo banco depende da margem consignável de cada um. Para saber mais detalhes a respeito disso, preparamos este conteúdo que pode te ajudar a resolver suas principais dúvidas:

O que é margem consignável?

A margem consignável se refere ao valor máximo que pode ser retirado do seu salário ou aposentadoria todos os meses para quitar um empréstimo. Contudo, é estabelecido por lei que nenhuma pessoa pode se comprometer a pagar uma parcela que seja maior do que 35% da renda mensal.

Isso significa que se você ganha R$1 mil, a margem será de R$350,00. Este último valor, por exemplo, será descontado mensalmente da sua renda ou do benefício do INSS. Vale lembrar ainda que do limite de 35%, só 5% poderá obrigatoriamente ser utilizado no cartão de crédito consignado.

Dessa forma, você consegue ter um empréstimo consignado de 30% da sua renda. Mas, se precisar usar o total de 35%, os 5% só podem ser liberados via cartão consignado.

Faça o cálculo

Para realizar esse cálculo, é necessário entender qual o valor líquido da sua renda ou benefício (quanto você realmente recebe do seu pagamento, excluindo todos os descontos feitos). Depois de saber este valor, multiplique-o por 0.35, número que corresponde ao percentual que poderá ser usado com o empréstimo consignado.

Fez a multiplicação? Prontinho, você encontrou o valor que será a sua margem consignável. Agora que você já sabe, pode ficar mais tranquilo porque, assim, não terá surpresas que podem afetar o pagamento das suas outras despesas pessoais.

Entenda mais sobre empréstimo consignado

Ficou com alguma dúvida sobre esse tipo de empréstimo? Não tem problema e sabe porque? Estamos aqui para descomplicar sua vida com conteúdos que te ajudam a entender melhor tudo que envolve esse assunto:

Aproveite a leitura e até mais!