Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Marketplace ou e-commerce: por onde devo começar a vender?

Por Sabrina VansellaPublicado em

Se a sua empresa ainda não está na internet, é melhor começar a traçar um plano para inseri-la nas redes e aumentar suas vendas. Mas, afinal, por onde e como começar a vender online? Nesse artigo, você vai entender se é melhor iniciar suas vendas via marketplace ou e-commerce. Continue a leitura!

Marketplace ou e-commerce: por onde devo começar a vender?

Antes de começar a vender online, é preciso entender qual a diferença entre o marketplace e o e-commerce. Primeiramente, os dois segmentos podem coexistir em um negócio, mas ainda é preciso decidir por onde começar.

Caso você esteja em dúvida entre os dois segmentos. Fique tranquilo, vamos te explicar e apresentar as principais características de cada um deles.

O que é marketplace

Basicamente, o marketplace coloca o seu negócio em um shopping virtual. Através de um site ou plataforma, você e outros empreendedores conseguem exibir os próprios produtos e serviços.

O marketplace mais conhecido do Brasil é o Mercado Livre. Por lá, vários empreendedores conseguem aumentar as vendas por conta do alcance do site que acaba entregando visibilidade nacional.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

O que é e-commerce?

O e-commerce coloca a sua loja em um único site, onde seus produtos e serviços estarão disponíveis para os seus clientes. 

Nesse caso, você será responsável pela construção do site ou loja virtual, inserir os produtos, informações extras e fazer as campanhas de marketing.

Por isso, é importante entender que no e-commerce, o alcance e engajamento é de sua responsabilidade, diferente do marketplace que já conta com essa estrutura.

Marketplace ou e-commerce: qual vale a pena?

Apesar de serem semelhantes, existem alguns pontos que merecem destaque antes de tomar a decisão entre marketplace ou e-commerce.

Como você pode imaginar, quando uma plataforma disponibiliza o seu espaço e alcance, ela irá cobrar por isso. No caso do Mercado Livre é exatamente isso que acontece.

Geralmente, as taxas dos marketplaces variam entre 12% a 16%, mas é preciso levar em consideração que você terá facilidade, segurança de pagamentos, comodidade de entrega, maior alcance e outras vantagens. Por isso, muitos vendedores acabam repassando as taxas em cima do valor do produto.

Ou seja, o marketplace é a decisão ideal para aqueles que são microempreendedores ou desejam aumentar significativamente as vendas, mas ainda não possuem uma marca totalmente consolidada.

Caso você já conheça o seu público consumidor, tem uma marca consolidada e deseja apenas começar as vendas no mundo virtual, o e-commerce é a melhor escolha. Afinal, você não precisará lidar com taxas de hospedagem, no entanto, precisará investir na criação e manutenção do site.

O grande diferencial do e-commerce está na personalização do domínio e aparência da loja. Além disso, é possível escolher quais serão as formas de pagamentos oferecidas.

Por isso, se a sua loja ainda está em expansão e não é consolidada, indicamos que você comece as vendas online pelo marketplace. Caso ela já esteja em ascensão, você pode investir em um e-commerce, mas com o comprometimento necessário. 

Descomplicamos?

Esperamos que você tenha gostado de entender qual a melhor forma de começar as vendas online. Caso tenha restado alguma dúvida, faça um comentário que nós descomplicamos para você. Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Como saber se uma instituição financeira é confiável?

Conheça os 3 bancos que mais liberam limite de crédito

Como eliminar restrições no CPF e ficar com o nome limpo

Erro X5 na Caixa: o que é e como resolver?

Saiba como aproveitar as férias com pouco dinheiro

BBB22: quanto custa e como assinar o pay-per-view?

Aprenda organizar seu dinheiro com o Finanças+ do BTG+

IPTU 2022: saiba quais são os aumentos e descontos para algumas capitais do país