Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Mercado financeiro: como ele funciona?

Por Sabrina VansellaPublicado em

Já imaginou se os bancos utilizassem o seu dinheiro parado na conta corrente? Então, ele pode ser emprestado para o mercado financeiro. Negociações no dia a dia não são nada mais que pessoas com interesses parecidos que chegam em um acordo, e mercado financeiro não é diferente. Este é o lugar no qual existem pessoas que emprestam dinheiro e aqueles que tomam emprestado para devolver com juros. Quer entender mais? Continue a leitura.

O que é o mercado financeiro?

O mercado financeiro nada mais é do que um ambiente que reúne aqueles que investem e os que tomam o dinheiro emprestado.

Infelizmente, o que falamos anteriormente é verdade, seu banco pode emprestar o dinheiro que sobra na sua conta corrente e sem pagar nenhuma taxa para isso, ou seja, mesmo que não queira, você já faz parte do mercado financeiro.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Os principais intermediários no mercado financeiro que tem como intuito unir os investidores e os tomadores são: os bancos, corretoras de valores imobiliários, financeiras, cooperativas de crédito, entre outros.

Como funciona o mercado financeiro?

O objetivo do mercado financeiro é alinhar interesses, já que, enquanto existem pessoas que têm dinheiro sobrando e precisam de rendimentos, outras necessitam de um dinheiro extra. Nesse ambiente, os empréstimos são comuns, e para participar dele de forma ativa a melhor maneira é se planejar para fazer o dinheiro sobrar.

Aquele que empresta, está adquirindo débito de uma empresa ou pessoa, para depois receber o pagamento com juros.

Entenda o mercado financeiro de forma simples

O sistema financeiro brasileiro é dividido em quatro grandes mercados. Confira quais são:

Mercado de câmbio

O mercado de câmbio é responsável por fazer a troca de moedas. Ele é útil para aqueles que possuem relações internacionais, como empresas exportadoras e também Pessoas Físicas que viajam internacionalmente. O Banco Central é um dos responsáveis pela administração, fiscalização e controle das operações desse mercado.

Mercado monetário

As transações de curto prazo estão aqui, geralmente aquelas que tem como foco a liquidez, flexibilidade e segurança. Neste mercado, as principais transações realizadas são: empréstimos, Títulos Públicos e privados com vencimentos em até um ano.

Mercado de crédito

No mercado de crédito é reunido as operações de créditos e financiamentos tanto para Pessoas Jurídicas, como para Pessoas Físicas. Neste segmento, o dinheiro dos investidores é captado para emprestar a pessoas físicas e empresas, mas com uma cobrança de juros. Estão presentes nesse mercado os conhecidos: cartão de crédito, empréstimo pessoal, cheque especial, entre outros.

Mercado de capitais

Por meio do mercado de capitais os ativos são negociados, ou seja, neste segmento acontece às compras e vendas dos valores mobiliários. Quem já dominou o mercado de capitais consegue poupar mais do que gasta e investe a diferença para obter um lucro. Neste caso, o investidor empresta seu dinheiro para empresas que precisam de capital e depois recebem no prazo determinado. 

Gostou desse artigo?

Apesar de ser uma estrutura ampla e complexa, o mercado financeiro é responsável por reunir um conjunto de instituições permitindo a negociação de produtos financeiros. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, faça um comentário. Até breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

6 livros sobre empreendedores brasileiros de sucesso

O que é um aporte financeiro? Entenda seu funcionamento

O que é DeFi: o novo formato das finanças

Vai negociar suas dívidas? Entenda qual a importância do planejamento financeiro

Economia: expectativas para o Brasil em 2022 estão piorando

Estorno e cancelamento de compras: entenda a diferença

Qual a diferença entre economizar, poupar e investir?

Juros compostos: o que são e como afetam a sua vida financeira?