Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Não tenha esses hábitos se deseja uma vida sem dívidas

Por Sabrina VansellaPublicado em

As ofertas estão por todos os lugares. No seu celular, televisão, outdoors e em muitos outros lugares! O maior desafio é controlar a impulsividade daquela ótima sensação de comprar. 

Portanto, a cada dia é necessário evoluir o autocontrole para que a boa sensação não se torne uma terrível dor de cabeça. 

Pensando nisso, mostraremos os maus hábitos mais frequentes que devem ser evitados para a saúde da sua vida financeira. 

Emprestar o nome e não cobrar o que emprestou

O maior erro é emprestar e não ter coragem de cobrar por aquilo que a pessoa está te devendo. Emprestar bens materiais de pequeno como roupas, sapatos, costuma trazer menos prejuízos. Mas com o dinheiro e o seu nome acaba sendo diferente, primeiro é essencial avaliar o nível de proximidade com aquele que pediu sua ajuda.

E mesmo que a pessoa seja próxima é seu direito negar em prol da sua tranquilidade e os seus investimos. Emprestar o nome está entre um dos maiores vilãos, pois se a pessoa precisa do seu nome, significa que ela não conseguiu cuidar do próprio e por qual motivo ela cuidaria do seu?

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Pegar empréstimo sem objetivo

Associar empréstimo a dívida é errado, pois quando bem feito e planejado, podem salvar a vida financeira. Mas se você ainda usa o rotativo do cartão de crédito, saiba que os juros são elevados em relação aos empréstimos que costuma ter juros amis baixos.

O problema daqueles que pegam dinheiro emprestado sem motivo e gastam com viagens, roupas novas, celular de ponta é quando realmente precisar não vai conseguir, pois já utilizou todos os benefícios de crédito que podia e ainda terá dívidas para serem pagas.

Ter vários cartões de crédito

Geralmente está usando além do que um cartão só possibilita e paga o mínimo da fatura, o que apresenta uma fatal de controle grande nas finanças, e obviamente, ter outro cartão na mesma situação não é o melhor caminho.

Uma reflexão é importante: se você não tem o dinheiro para pagar o que comprou, por que comprar no crédito? Provavelmente a resposta vai ser que é pela falta de dinheiro, mas saiba priorizar suas necessidades, tenha controle da sua vida financeira, e pode começar com uma caneta e um papel.

Leia também:

Informamos?

Obrigado por ler este artigo, esperamos ter ajudado. Não esqueça de curtir! Até a próxima.

 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?

Tag Itaú de passe livre em pedágios e estacionamentos: conheça e veja como solicitar

Pagar passagem de ônibus com cartão de débito ou crédito: veja como

Prêmio de 1,5 milhão do BBB: saiba quanto rende na poupança e em outros investimentos