Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Neon adquire financeira e terá novos produtos financeiros

Por Camila SilveiraPublicado em

Recentemente, o banco digital Neon adquiriu uma financeira catarinense, conhecida como Biorc. Agora, a fintech passará a conseguir a licença necessária para atuar em operações de crédito de forma direta, bem como ter acesso a novas estruturas e fontes de funding. O valor da compra não foi informada.

O que você procura?

Sobre a Biorc

Fundada no ano de 2009, a Biorc é uma financeira que possui foco na concessão de crédito consignado privado, que por sinal, é uma das estratégias centrais da Neon, que adquiriu em 2020 a ConsigaMais+, uma das maiores fintechs do segmento.

"Com essa aquisição, a Neon poderá oferecer todos os serviços e produtos financeiros que um cliente possa querer. Foi um passo natural para atender ainda melhor o brasileiro trabalhador", disse Pedro Conrade, fundador da Neon, através de comunicado.

Tal aquisição é importante para a realização do objetivo do banco digital: se tornar o banco do brasileiro trabalhador. Segundo Pedro, a meta é que a Neon possa competir com os grandes bancos do país. Atualmente, a fintech possui 15 milhões de clientes.

Em 2019, o banco comprou a MEI Fácil com a finalidade de conquistar os Microempreendedores Individuais e em 2020, comprou a corretora Magliano e ConsigaMais+, empresa de consignado privado.

Autorizada pelo Banco Central, em abril de 2020, a fintech passou a operar como Instituição de Pagamentos (IP) nas modalidades emissora de moeda eletrônica e de instrumentos de pagamento pós-pago.

De acordo com dados do Crunchbase, a empresa já conseguiu captar mais de US$ 420 milhões desde a sua criação, em 2016.

O último aporte foi uma Série C, anunciada em setembro de 2020, momento em que levantou um montante de US$ 300 milhões em uma rodada liberada pela General Atlantic (GA), com participação de BlackRock, Vulcan Capital, Endeavor Catalyst e PayPal Ventures.

Outras empresas, como o captable, Monashees, Flourish Ventures, Propel Venture Partners e BV, participaram. Inclusive, o BV ajudou a Neon a permanecer operando em 2018, quando teve sua liquidação decretada pelo Banco Central.

Informamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Se você gosta de estar por dentro das novidades, confira todas as notícias sobre economia e finanças no blog da Foregon! Até a próxima.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Foregon participa da 9ª edição da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo

Foregon Marca Presença na 6ª Edição do CX Summit

Foregon está no TOP 10 Fintech – Distrito Awards 2022

Foregon está entre as Melhores Empresas para Trabalhar GPTW – Tecnologia da Informação 2022.

Nubank Ultravioleta: nova Regra para Isenção de Anuidade

Consignado do Auxílio Brasil: Caixa já liberou R$ 1,8 bilhão

Nucoin: conheça a moeda digital que será lançada em 2023

Feirão Serasa Limpa Nome: até 99% de Desconto nas Dívidas