Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Novo FIES: tudo o que você precisa saber

Por Nara LimaPublicado em

Criado pelo Ministério da Educação (MEC), o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa que oferece financiamento estudantil aos estudantes de cursos de graduação de instituições privadas.

Por ser um programa amplo, ele é dividido em diferentes modalidades, possibilitando juros zero aos que mais precisam e financiamentos que variam conforme a renda familiar do candidato.

O FIES é uma grande oportunidade para muitos brasileiros, pois facilita o acesso de jovens de baixa renda à educação superior. 

Neste artigo, você vai entender como funciona o programa e conferir o que mudou com o novo FIES. Aproveite a leitura e fique por dentro do assunto. 

O que é o novo FIES?

O programa, que já beneficiou milhares de brasileiros, agora conta com operações mais transparentes e melhorias em sua governança. Como citado anteriormente, ele oferece juros zero a quem mais precisa e conta com uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

De acordo com as resoluções do Ministério da Educação, o novo FIES exige que a nota na prova de redação do Enem seja igual ou superior a 400 pontos. Outra mudança é que não há mais critério de renda, ou seja, o programa não exige mais uma limitação máxima para participar do processo seletivo.

Condições de financiamento para novos contratos do FIES

Estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos contam com taxa real zero de juros. No decorrer do curso, o financiado deve pagar mensalmente o valor da coparticipação, uma parcela dos encargos educacionais não financiados. Além disso, o custo total do seguro de vida exigido para a contratação também deverá ser pago durante a realização do curso.

Após a graduação, o estudante poderá amortizar o saldo devedor do financiamento de acordo com a sua realidade financeira. Isso significa que a parcela da amortização irá variar de acordo com a renda do indivíduo. Caso o estudante não possua uma fonte de renda, o financiamento deverá ser quitado em prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo.

Como é feito o cálculo do financiamento

O cálculo do financiamento do FIES é feito de forma complexa, pois leva em consideração fatores individuais de cada solicitante, como: renda familiar bruta per capita do estudante e o nível de comprometimento da renda com a mensalidade do curso.

No site oficial do SisFies, você pode conferir todos os detalhes sobre como é realizado o cálculo.

Quem pode se inscrever no novo FIES 

Para se inscrever no processo seletivo o candidato deve ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e ter obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a 0 na redação. 

Outro ponto importante que vale ser frisado, é que o solicitante deve possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Importante: é dever do candidato certificar-se de que cumpre todos os requisitos estabelecidos para concorrer ao processo seletivo, por isso, consulte o site do FIES e leia atentamente todas as exigências.

Como efetuar as inscrições no processo seletivo  

Para se inscrever no processo seletivo do FIES, basta seguir o passo a passo abaixo:

  1.  Acesse o sistema de inscrição do FIES;
  2. Clique em "Minha Inscrição" e em "Fazer Cadastro";
  3. Em seguida, você será direcionado para a página do GOV.BR, onde deverá efetuar seu cadastro com as informações solicitadas;
  4. Após concluído, você será direcionado novamente para a página do FIES. Agora, clique sobre a opção "Entrar com GOV.BR", e informe o CPF e a senha cadastrada;
  5. Feito isso, é só preencher as informações solicitadas pelo sistema.

Fácil, concorda? Não tem segredo. A plataforma é bem intuitiva e de fácil manuseio. 

Quem não pode fazer a inscrição no processo seletivo 

Além de todos aqueles que não se enquadram nos pontos citados anteriormente, não poderão se inscrever no processo seletivo:

  • I – candidato pré-selecionado em processo seletivo anterior, enquanto perdurar situação de pendência nas fases de complementação no FiesSeleção, de validação de suas informações pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA ou de validação de suas informações pelo agente financeiro;
  • II – candidato que não tenha quitado financiamento anterior pelo FIES ou pelo Programa de Crédito Educativo – CREDUC, de que trata a Lei nº 8.436, de 25 de junho de 1992;
  • III – candidato que se encontre em período de utilização do financiamento do FIES.

Nota de corte

Para você entender realmente como o FIES funciona, é necessário compreender o que é de fato a nota de corte. 

A nota de corte é calculada de acordo com o número de vagas disponíveis e a nota dos candidatos inscritos. Resumidamente, podemos dizer que candidatos são organizados na ordem em que seriam selecionados e, a partir desse momento, é definido qual a nota mínima para estar entre os possíveis cotados.

Por ser variável, ela não pode ser estimada com exatidão. Contudo, é possível utilizar a média das notas de corte finais dos anos anteriores para se basear. Confira as notas de corte do último Enem.

Nota de corte do FIES 2021 dos cursos mais concorridos

  • Medicina: 760 pontos;
  • Ciências Biológicas: 640 pontos;
  • Odontologia: 630 pontos;
  • Direito: 610 pontos;
  • Letras: 590 pontos;
  • Engenharia de Computação: 580 pontos;
  • Engenharia Mecânica: 580 pontos;
  • Engenharia Civil: 577 pontos;
  • Biomedicina: 570 pontos;
  • Design Gráfico: 570 pontos;
  • Engenharia Elétrica: 570 pontos;
  • Jornalismo: 570 pontos;
  • Psicologia: 570 pontos;
  • Ciência da Computação: 565 pontos;
  • Publicidade e Propaganda: 565 pontos;
  • Engenharia de Produção: 560 pontos;
  • Fisioterapia: 560 pontos;
  • Nutrição: 560 pontos;
  • Enfermagem: 555 pontos;
  • Farmácia: 555 pontos;
  • Gastronomia: 555 pontos;
  • Administração: 550 pontos;
  • Ciências Contábeis: 550 pontos;
  • Design de Moda: 550 pontos;
  • Pedagogia: 550 pontos;
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 545 pontos;
  • Fotografia: 545 pontos;
  • Estética e Cosmética: 540 pontos;
  • Matemática: 540 pontos;
  • Design de Interiores: 535 pontos;
  • Educação Física: 535 pontos;
  • Sistemas de Informação: 535 pontos;
  • Comércio Exterior: 530 pontos;
  • Marketing: 530 pontos;
  • Secretariado: 530 pontos;
  • Processos Gerenciais: 525 pontos;
  • Hotelaria: 520 pontos;
  • Recursos Humanos: 520 pontos;
  • Serviço Social: 520 pontos;
  • Turismo: 520 pontos;
  • Gestão Comercial: 515 pontos;
  • Tecnologia da Informação: 515 pontos;
  • Logística: 510 pontos;
  • Redes de Computadores: 510 pontos;
  • Gestão Hospitalar: 505 pontos;
  • Segurança do Trabalho: 500 pontos.

Vale lembrar que essas são as notas de corte dos cursos mais concorridos em 2021, certo? 

Vagas remanescentes do FIES

Vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas nos processos seletivos regulares do FIES. Ou seja, a disponibilidade dessas vagas se dá por meio da desistência dos candidatos pré-selecionados ou pela falta da documentação exigida.

Para se inscrever no processo de ocupação dessas vagas, é necessário realizar os mesmos passos citados anteriormente, no entanto, em vez de clicar em "Minha Inscrição", você deve selecionar a opção "Fazer inscrição vagas remanescentes".

Vale lembrar que as inscrições para o processo seletivo do FIES esse ano já se encerraram. 

Confira também:

Descomplicamos?

Esperamos que de alguma forma esse conteúdo seja útil para o seu futuro. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo, combinado?

Nos vemos em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?

Tag Itaú de passe livre em pedágios e estacionamentos: conheça e veja como solicitar

Pagar passagem de ônibus com cartão de débito ou crédito: veja como

Prêmio de 1,5 milhão do BBB: saiba quanto rende na poupança e em outros investimentos