Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Nubank anuncia sua entrada na Bolsa de Valores no início de dezembro

Por Camila SilveiraPublicado em

O Nubank acaba de anunciar mais uma novidade para seus consumidores: sua entrada na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) e na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) entre os dias 9 e 10 de dezembro de 2021.

De acordo com o comunicado do banco digital, os clientes que tiverem interesse em participar da oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) deverão criar uma conta na plataforma de investimentos do banco (Nu invest) a partir do dia 9 de novembro até a próxima quarta-feira, dia 17 de novembro.

Entre os dias 17 de novembro e 5 de dezembro, os interessados poderão reservar BDRs (Brazilian Depositary Receipts em inglês) para investir no IPO. Os BDRs são certificados de depósito de valores mobiliários emitidos no Brasil, cujo investimento representa ações de empresas internacionais que podem ser negociadas na B3.

Segundo as estimativas do banco digital, eles vão representar 1/6 de uma ação ordinária casse A da Nu Holdings, companha líder do grupo Nubank, que será negociada na Bolsa de Valores de Nova York.

"Você deverá fazer um teste de perfil de investidor para saber se essa opção é adequada aos seus objetivos financeiros", afirma o banco.

Programa NuSócios

Os BDRs que fazem parte do programa NuSócios estão sendo oferecidos de forma totalmente gratuita desde a última terça-feira (09). No entanto, os ativos só poderão ser negociados na Bolsa de Valores depois de um ano da emissão inicial.

"Durante os  primeiros 12 meses a partir da nossa entrada na Bolsa, vamos cuidar do seu pedacinho enquanto você pode se familiarizar com o mundo dos investimentos para tomar as melhores decisões sobre o que fazer com ele no futuro. Depois de 12 meses, você poderá decidir manter o seu BDR, o pedacinho, ou vendê-lo no mercado, com a nossa ajuda", diz o Nubank.

Nesse caso, os clientes que aceitarem o tipo de investimento não precisarão declarar o certificado no Imposto de Renda referente ao ano de 2021.

"Será preciso declarar mais para frente, mas, quando este momento chegar, enviaremos instruções para que você possa fazer isso corretamente", afirma o banco.

Apesar disso, será preciso declarar no IR os certificados comprados no período de reserva do IPO (entre os dias 17 de novembro e 5 de dezembro) ou depois da entrada do banco digital na Bolsa de Valores, pois não haverá restrição de negociação de um ano nesses casos.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bancos digitais: setor financeiro se expande e empresas buscam profissionais qualificados

Mastercard vai permitir transações com criptomoedas em bancos da rede

Censo 2022: FGV abre concurso para 207 mil vagas temporárias

Número de fraudes contra clientes de bancos cresce para 165% em 2021

BTG+ business fecha parceria com Getnet e amplia oferta a PMEs

Black Friday 2021 Visa: compre com cartões da bandeira e concorra a prêmios

Mais da metade dos consumidores vão fazer suas compras online, durante a Black Friday

Auxílio Brasil: Caixa anuncia calendário de pagamento do benefício