Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

O que é CTPS Digital?

Por Thais SouzaPublicado em

Na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) contém todos os seus registros empregatícios, independentemente da área que você atue.

Muitas vezes, na correria do dia a dia, as pessoas podem perder esse documento e o processo de recuperação dos registros é um pouco complicado. Visando modernizar o acesso a essas informações, o Ministério da Economia lançou a CTPS Digital.

O que é CTPS Digital?

A CTPS Digital é a versão online da carteira de trabalho física e está disponível para os cidadãos através do aplicativo para celular nas versões iOS, Android e Web.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

A versão foi criada para facilitar a vida dos trabalhadores na hora consulta e evitar a perda do documento. Ou seja, quando a CTPS for necessária, basta o trabalhador informar o número do CPF e a empresa que o registro será realizado diretamente de forma digital.

Como cadastrar a CTPS Digital?

Você pode se cadastrar gratuitamente pelo site do governo com o número do seu CPF ou pelo aplicativo disponível para iOS e Android. Caso não não consiga fazer o cadastro em nenhum desses meios, pode optar por comparecer em uma das unidade das Superintendências, Gerências e Agências Regionais do Trabalho.

O que eu faço com minha CTPS antiga?

Todos os contratos de trabalho serão registrados na sua carteira digital, porém é importante guardar o documento físico, mesmo que você não use mais, pois ele serve como uma forma de comprovação caso haja algum problema com a versão online, como divergência nas informações.

Além disso, se o trabalhador for contratado por uma empresa que não faz o uso do eSocial, sistema informatizado da administração pública, ainda vai precisar da versão de papel da carteira.

Como o empregador assina a carteira com a versão digital?

Na versão digital, o processo continua bem simples. Para "assinar" a carteira do trabalhador, o empregador deve enviar os dados para o eSocial.

Mas não se esqueça, antes de iniciar as atividades na empresa, o empregador deve enviar o Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador (evento S-2200) ou a Admissão Preliminar (evento S-2190), caso não possua todos os dados. O envio dessas informações ao eSocial terá valor de assinatura de carteira.

Descomplicamos?

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário que descomplicamos para você. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Digio estreia no Apple Pay: veja como ativar

Aplicativos colaborativos: conheça 4 Apps que podem facilitar a sua vida

Oportunidade: 24 empresas abrem vagas de emprego, estágio e trainee

Oportunidade: estão abertas cerca de 3 mil vagas de emprego e estágio

Nubank finalmente chega ao Apple Pay: veja como cadastrar e utilizar

Tem mais de um cartão de crédito? Saiba como controlar as suas finanças

Como ser um motorista de aplicativo 5 estrelas?

E-commerce: 6 erros mais comuns ao vender pelas redes sociais